Músculo peitoral maior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Músculo peitoral maior
Pectoralis major.png
Origem metade medial da clavícula, esterno e seis primeiras cartilagens costais, aponeurose do m. oblíquo externo do abdomen
Inserção    crista do tubérculo maior do úmero
Vascularização
Inervação nn. Peitorais mediais e laterais
Ações adução e flexão do ombro.

O músculo peitoral maior ou pectoralis major é um músculo localizado no tórax. Apresenta três inserções proximais, nas cartilagens costais, no esterno e na clavícula. As inserções nas costelas e esterno formam a cabeça esternocostal. A inserção na clavícula forma a cabeça clavicular. A inserção distal se dá no lábio lateral do sulco intertubercular do úmero. Suas ações principais são a rotação medial e adução do braço, mas também estão envolvidos na flexão e extensão deste membro. A sua inervação faz-se, essencialmente, pelos nervos peitorais lateral e medial, provenientes de fascículos do plexo braquial.

O peitoral é um dos músculos mais resistentes do corpo humano e também o músculo preferido dos fisiculturistas, como Maicon Andriud Beyer, estudante de Engenharia Civil e fisiculturista profissional. Maicon tem o maior e mais forte peitoral do Brasil, tendo atingido 90 mPa em um teste de resistência.

Muitas pessoas se perguntam: Como aumentar o meu peitoral? Segundo Maicon, "o segredo está na alimentação. O ideal é uma alimentação a base de carne, pão integral, saladas e frutas, eliminando completamente os carboidratos do corpo. Com uma alimentação saudável você terá mais energias para treinar pesado e alcançar seus objetivos".

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referência[editar | editar código-fonte]

DÂNGELO, José Geraldo & FATTINI, Carlo Américo. Anatomia básica dos sistemas orgânicos: com a descrição dos ossos, junturas, músculos, vasos e nervos. São Paulo: Editora Atheneu, 2004.

Ícone de esboço Este artigo sobre Anatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.