Manuel de Almeida Lobo d'Eça

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel de Almeida da Gama Lobo Coelho d'Eça
Nascimento 15 de abril de 1828
Desterro
Morte 24 de abril de 1894 (66 anos)
Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim
Nacionalidade brasileira

Marechal Manuel de Almeida da Gama Lobo Coelho d'Eça, barão com grandeza de Batovi, (Desterro, 15 de abril de 1828Desterro, 24 de abril de 1894), foi um militar e político brasileiro.

Participou com distinção da Guerra do Paraguai, além de ter sido presidente da província de Mato Grosso, nomeado por carta imperial de 31 de janeiro de 1883, de 7 de maio de 1883 a 13 de setembro de 1884. Lutou nas guerras do sul, na Campanha contra Rosas, na luta contra Aguirre e na Guerra da Tríplice Aliança. Em 1891, já na República, foi graduado no posto de Marechal de Campo e voltou para a sua terra natal.

Envolveu-se na Revolução Federalista e, por conta disso, foi preso e sumariamente fuzilado a mando do então presidente e antigo amigo Floriano Peixoto, na Fortaleza de Anhatomirim.

Casou-se com Ana Pereira da Gama.

Títulos nobiliárquicos e honrarias[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
José Leite Galvão
Presidente de Mato Grosso
1883 — 1884
Sucedido por
Floriano Peixoto
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.