Marco Martins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marco Martins
Nascimento 1972 (45 anos)
Lisboa
Nacionalidade Portugal português
Ocupação Cineasta
Atividade 1994–presente
Outros prêmios
Globo de Ouro (2006)
IMDb: (inglês)

Marco Martins (Lisboa, 1972) é um cineasta português.

Formado pela Escola Superior de Teatro e Cinema do Instituto Politécnico de Lisboa em 1994, estagia na área de produção com os realizadores Wim Wenders, Manoel de Oliveira e Bertrand Tavernier. Durante dois anos é assistente de realização de João Canijo.

Entre 1994 e 1998 escreve e realiza as curtas metragens Mergulho no Ano Novo (prémio de Melhor Curta-metragem Nacional no Festival Internacional de Curtas-Metragens de Vila do Conde), No Caminho Para a Escola (prémios Melhor Curta-metragem e Melhor Realizador no VII Festival Ibérico de Cinema de Badajoz e Prémio Eixo Atlântico no Festival de Ourense).

Realiza igualmente vários filmes publicitários e, em 2002, funda a sua própria produtora de publicidade, a Ministério dos Filmes, distinguida com vários prémios internacionais.

Em 2005, a sua primeira longa-metragem, Alice, estreada no Festival de Cannes desse ano, é o filme português escolhido para candidato a candidato ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro.

Tal como Teresa Villaverde, Pedro Costa, Joaquim Sapinho, João Pedro Rodrigues, Manuel Mozos, entre outros, pertence à primeira leva de cineastas formados pela Escola Superior de Teatro e Cinema que desenvolve a sua actividade nos anos noventa e que, regra geral, se empenha em criar filmes de autor. Estes novos cineastas serão beneficiados, em relação à geração precedente, pelos regulamentos estatais de apoio às primeiras obras e pelos critérios que permitem continuidade na atribuição desses subsídios.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • DN Online - Marco Martins nos Prémios Europeus