Margarida Cordeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde março de 2015).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.

Margarida Cordeiro (Mogadouro, Mogadouro, 5 de Julho de 1938) é uma médica psiquiatra portuguesa e realizadora de cinema.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Com António Reis, destaca-se na vanguarda do Novo Cinema português, na área do documentário, explorando as técnicas do cinema directo.

Co-realizou com António Reis a maior parte dos filmes deste cineasta português. O casal tornou-se um caso único e paradigmático do cinema português.

O cinema de António Reis e de Margarida Martins Cordeiro reflecte um universo poético sem paralelo no cinema português, abordando temas ligados à memória e à mitologia popular de Portugal. Inicia-se na actividade cinematográfica com o filme Jaime, enquanto assistente de realização. (Ver: Novo Cinema)

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Como assistente de realização:

Como co-realizadora:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Homenagem a António Reis e Margarida Cordeiro na 4ª Mostra do Documentário Português (9 a 18 de Abril de 2010 no cinema S. Jorge, em Lisboa)

  • António Reis - Blogue sobre a sua vida e obra de António Reis e Margarida Cordeiro.
  • Texto introdutório à estreia de Trás-os-Montes (Jornal Expresso, 1976).
  • Carta aberta de Luis Machado (Jornal a Luta, 1976). Ver arquivo de referências de imprensa e entrevistas.
  • Conversa com Margarida Cordeiro - entrevista por Ilda Castro **Parte 1 **e Parte 2
Ícone de esboço Este artigo sobre um cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.