Mogadouro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para pela serra homónima, veja Serra de Mogadouro.
Mogadouro
Brasão de Mogadouro Bandeira de Mogadouro
280px
Localização de Mogadouro
Gentílico Mogadourense
Área 760,65 km²
População 9 542 hab. (2011)
Densidade populacional 12,5  hab./km²
N.º de freguesias 21
Presidente da
câmara municipal
Francisco Guimarães (PS)
Fundação do município
(ou foral)
27 de Dezembro de 1272
Região (NUTS II) Norte
Sub-região (NUTS III) Terras de Trás-os-Montes
Distrito Bragança
Província Trás-os-Montes
e Alto Douro
Orago São Mamede
Feriado municipal 15 de Outubro (Fim das Colheitas - Feira dos Gorazes)
Código postal 5200
Sítio oficial www.mogadouro.pt
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

Mogadouro é uma vila portuguesa, pertencente ao Distrito de Bragança, Região Norte e sub-região das Terras de Trás-os-Montes, com 3 549 habitantes (2011).

É sede de um município com 760,65 km² de área[1] e 9 542 habitantes (2011[2]), subdividido em 21 freguesias.[3] O município é limitado a norte pelos municípios de Macedo de Cavaleiros e de Vimioso, a nordeste por Miranda do Douro, a sueste pela Espanha, a sul por Freixo de Espada à Cinta e por Torre de Moncorvo e a oeste por Alfândega da Fé.

O concelho recebeu foral de D. Afonso III em 27 de Dezembro de 1272.

  • Nesta região, além do português, fala-se sua própria língua: a língua mirandesa.

População[editar | editar código-fonte]

Número de habitantes [4]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
14 588 15 808 16 364 17 558 17 130 15 765 16 739 18 729 19 561 19 571 14 532 15 340 12 188 11 235 9 542

(Obs.: Número de habitantes "residentes", ou seja, que tinham a residência oficial neste concelho à data em que os censos se realizaram.)

Número de habitantes por Grupo Etário [5]
1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
0-14 Anos 6 171 6 063 5 248 5 441 6 442 6 253 6 252 4 410 3 605 2 228 1 401 887
15-24 Anos 3 051 2 918 2 711 2 966 3 244 3 620 3 300 2 275 2 803 1 748 1 444 849
25-64 Anos 7 590 7 079 6 520 6 713 7 641 8 375 8 712 6 485 6 651 5 787 5 476 4 723
= ou > 65 Anos 740 951 1 137 1 212 1 251 1 208 1 307 1 560 2 281 2 425 2 914 3 083
> Id. desconh 1 52 118 17 83

(Obs: De 1900 a 1950 os dados referem-se à população "de facto", ou seja, que estava presente no concelho à data em que os censos se realizaram. Daí que se registem algumas diferenças relativamente à designada população residente)

Geografia[editar | editar código-fonte]

O Concelho de Mogadouro caracteriza-se por ser uma região bastante montanhosa, com o ponto mais elevado na Castanheira com 998 metros. Também a Serra do Variz ou Santiago, a Serra de Zava e a Serra de São Cristóvão (na Figueira) são bastante altas. Os principais rios a passarem no Concelho são o Rio Douro a sudeste, o Rio Sabor a oeste.

O Parque Natural do Douro Internacional está inserido no Concelho de Mogadouro, mais precisamente nas freguesias a sudeste por onde passa o Rio Douro e não só.

História[editar | editar código-fonte]

No Concelho existem vários vestígios deixados pelas povoações do:

Após a afirmação do Reino de Portugal, no século 12 foram construídos o Castelo de Mogadouro e o Castelo de Penas Roias, a mando de Afonso Henriques, I de Portugal, para fortalecer a defesa de Portugal. Aos Castelos de Mogadouro e Penas Roias juntaram-se o Castelo de Miranda do Douro, o Castelo de Algoso, Castelo do Outeiro e o Castelo de Vimioso. Ambos castelos passaram para a Ordem dos Templários, mas mais tarde, apenas o de Mogadouro passou para a Ordem de Cristo. Apenas 5 aldeias do atual concelho de Mogadouro receberam a Carta de Foral que foram:

Castelo de Mogadouro

Apenas a 1878, o Concelho de Mogadouro adquire as fronteiras iguais ás que tem hoje.

Os Távoras tiveram um papel muito importante em Mogadouro, na construção de Igrejas, Pontes, Estradas,... Estes tinham imensos patrimónios espalhados pelo Concelho, como o Castelo de Mogadouro e a Quinta da Nogueira. Após o Processo dos Távoras, estes foram mortos o seu património ficou ao abandono, e o Castelo foi abandonado ficando, com o passar do tempo em ruínas, como o de Penas Roias.

Estação de Mogadouro

A 22 de Maio de 1938, com a abertura do troço Mogadouro-Duas Igrejas (Miranda do Douro), a Linha do Sabor entrou em funcionamento na totalidade, com 6 paragens no Concelho, na Estação Ferroviária de Bruçó, no Apeadeiro de Vilar do Rei, na Estação Ferroviária de Mogadouro, na Estação Ferroviária de Variz, no Apeadeiro de Sanhoane e no Apeadeiro de Urrós. A 1988 a Linha foi totalmente encerrada e todas as estações ficaram ao abandono, apesar de algumas terem sido reaproveitadas para serem cafés, ou algo do género.

Freguesias[editar | editar código-fonte]

Freguesias do concelho de Mogadouro.

O concelho de Mogadouro está dividido em 21 freguesias:

Património[editar | editar código-fonte]

Castelo de Mogadouro na frente, por trás a Torre do Relógio e em baixo a Igreja da Misericórdia

Pelourinhos[editar | editar código-fonte]

Igreja do Convento de São Francisco

Castelos[editar | editar código-fonte]

Igrejas[editar | editar código-fonte]

Igreja Matriz

Solares[editar | editar código-fonte]

Castros[editar | editar código-fonte]

Arte Rupestre[editar | editar código-fonte]

Monóptero[editar | editar código-fonte]

Infraestruturas[editar | editar código-fonte]

Culturais[editar | editar código-fonte]

  • Sala Museu de Arqueologia
  • Biblioteca Municipal Trindade Coelho
  • Casa da Cultura de Mogadouro
  • Arquivo Municipal
  • Casa das Artes e Ofícios de Mogadouro
  • Museu de Arte Sacra, Azinhoso
  • Museu Rural, Urrós

Desporto[editar | editar código-fonte]

  • Piscinas Municipais de Mogadouro
  • Estádio Municipal
  • Pavilhão Futsal

Parques[editar | editar código-fonte]

  • Parque de Campismo
  • Parque da Vila
  • Parque Engenheiro Duarte Pacheco
  • Espelho de Água

Acessos[editar | editar código-fonte]

Rodoviário[editar | editar código-fonte]

Aéreo[editar | editar código-fonte]

Ferroviário[editar | editar código-fonte]

Figuras Ilustres Mogadourenses[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Instituto Geográfico Português, Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013 (ficheiro Excel zipado)
  2. INE (2012) – "Censos 2011 (Dados Definitivos)", "Quadros de apuramento por freguesia" (tabelas anexas ao documento).
  3. Diário da República, Reorganização administrativa do território das freguesias, Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro, Anexo I.
  4. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  5. INE - http://censos.ine.pt/xportal/xmain?xpid=CENSOS&xpgid=censos_quadros

Distrito de Bragança

AFE.png Brasão de Bragança.png CRZ.png FEC.png MCD1.png MDR.png MDL1.png MGD.png TMC.png VFL.png VMS.png VNH.png
Alfândega da Fé Bragança Carrazeda de Ansiães Freixo de Espada à Cinta Macedo de Cavaleiros Miranda do Douro Mirandela Mogadouro Torre de Moncorvo Vila Flor Vimioso Vinhais
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mogadouro