Mayck & Lyan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Mayck e Lyan)
Ir para: navegação, pesquisa
Mayck e Lyan
Mayck e Lyan
Informação geral
Nome completo Wilson José de Meira Junior (Mayck)

Wyllian José Travagni de Meira (Lyan)

Nascimento 04 de março de 1989 (28 anos) Mayck
21 de maio de 1991 (25 anos) Lyan
Origem Alta Floresta - MT
País  Brasil
Gênero(s) Sertanejo
Gravadora(s) EMI Music
Luar Music
MP Entretenimento
Fernando Zor
Integrantes Mayck & Lyan
Página oficial Mayck & Lyan - Site Oficial

Mayck e Lyan é uma dupla sertaneja formada pelos jovens Wilson José de Meira Junior (Mirandópolis, 4 de Março de 1989), conhecido como Mayck, e Wyllian José Travagni de Meira (Alta Floresta, 21 de Maio de 1991), conhecido como Lyan.

A dupla Mayck e Lyan se destaca pela qualidade da harmonia de suas vozes, jeito carismático de lidar com o público e de interpretar músicas raiz e pagodes (viola e violão). Mayck, é dono de um registro vocal raro, grave e aveludado, na contramão dos cantores sertanejos que se apresentam por aí. Lyan impressiona pela sua percepção musical na segunda voz e seu desempenho com a viola. Juntos, eles proporcionam um incomparável estado de alegria e harmonia em quem os ouve.

Mayck, que faz a voz principal e violão-base, é mais comunicativo, intenso. Lyan, o violeiro, é misterioso, introspectivo. Seus solos são precisos, sem firulas desnecessárias.

A carreira dos irmãos mato-grossenses é inspirada principalmente nos ídolos Tião Carreiro e Pardinho e Ronaldo Viola, ícones da música de raiz.

Mayck começou a cantar aos 3 anos de idade. Seu pai, Wilson, o levava aos bares e aos restaurantes de Alta Floresta (MT), com música ao vivo, para que o filho pudesse dar uma “palhinha”.

A dupla começou, efetivamente, em 1996 quando Mayck estava com 7 anos e Lyan com 5. No início eles se apresentavam em casamentos, bares, restaurantes, escolas e festas regionais.

Lyan sempre teve um enorme fascínio por violas. “Ele não podia ver alguém tocando que ficava com os olhos fixos no instrumento. Ele ganhou uma viola aos 11 anos e rapidamente aprendeu a tocar.”, diz o pai Wilson Meira.

A dupla Mayck e Lyan iniciou a participação no Programa Raul Gil em março de 2005 no quadro Show Criança. Em agosto do mesmo ano, a dupla foi selecionada no quadro Jovens Talentos para gravar o CD e DVD “Jovens Talentos – 40 anos de Jovem Guarda”, que reúne os maiores sucessos da época. O CD e o DVD foram consagrados com o Disco de Ouro e o DVD de Ouro, respectivamente.

Em agosto de 2006, foi lançado o primeiro disco da dupla. Intitulado “Defendendo a Tradição”, o disco trás um repertório bem completo com canções de gênero raiz, composições inéditas e hits do rock brasileiro (como Meu Erro e O Segundo Sol) com um arranjo totalmente sertanejo.

No começo de 2007 lançam CD e DVD de um show realizado em 1 de novemro de 2006 no tom rasil São Paulo. Em poucos meses de venda, o projeto chegou a ficar entre os primeiros nos rankings de vendagem!

Em 2006 a dupla ficou entre os 20 artistas que mais venderam discos, segundo a ABPD.

Mayck e Lyan, ainda se apresentam regularmente no Programa Raul Gil, com participações especiais no “Homenagem ao Artista” e fazem diversos shows pelo Brasil.

Em 2010, assinam contrato com a Universal Music e gravam o CD e DVD intitulado "Mayck e Lyan - Acústico", com repertório bem-selecionado e interpretações marcantes.

Após o single “Quem Dá Carinho é Pai e Mãe”, Mayck e Lyan lançam a nova música de trabalho: “Os Mió”, que também ganhará um videoclipe exclusivo, dirigido pela produtora Movie3, o clipe tem como cenário um haras no interior de São Paulo. Escrita pelo próprio Mayck, “Os Mió” fala do orgulho em ser caipira e representar o interior, na forma de se portar, vestir e falar. Essa faixa, assim como mais três inéditas e os grandes sucessos, fazem parte do novo CD da dupla que foi lançado pela MP Entretenimento.

Em 2016 gravam a musica "Praga de Mula Véia", de autoria dos irmãos, a música conta com a participação especial de Fernando & Sorocaba. Praga de Mula Véia refere-se ao ditado “praga de mula véia não pega em cavalo de raça”. A composição primorosa fala sobre o término sofrido de um relacionamento, com muito bom humor, contado no estilo bruto e bem sertanejo .Foi produzida por Fernando Zor.

Mais maduros, a dupla vem conquistando o Brasil inteiro e promete levar seu som para muito além das porteiras do interior.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Gravadora Certificação e Vendas
2004 Mayck Jr. e Lyan - Rainha
2006 Mayck & Lyan - Defendendo a Tradição (EMI Music/Luar Music) Platina + 200.000
2007 (CD/DVD) Mayck & Lyan - Ao Vivo (EMI Music/Luar Music) Ouro + 50.000
2010 (CD/DVD) Mayck & Lyan - No Jeitão da Madeira EMI Music -
2013 CD Quem da Carinho é Pai e Mãe
2014 CD Os Mió MP Entretenimento

-

2016 Praga de Mula Véia (fit. Fernando e Sorocaba) Fernando Zor -

Ligações externas[editar | editar código-fonte]