Meire Nogueira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre alguém que morreu recentemente.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (data da marcação: 07 de dezembro de 2018; editado pela última vez em 18 de dezembro de 2018)
Twemoji 1f464.svg
Meire Nogueira
Nome completo Meire Nogueira Mazolla
Nascimento 21 de janeiro de 1940
Onda Verde - SP
Nacionalidade brasileira
Morte 5 de dezembro de 2018 (78 anos)
Curitiba - PR
IMDb: (inglês)

Meire Nogueira Mazolla (Onda Verde, 21 de janeiro de 1940 - Curitiba, 5 de dezembro de 2018), mais conhecida como Meire Nogueira, foi uma atriz e apresentadora de televisão brasileira.[1][2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Quando tinha apenas um ano de idade, sua família se mudou para Rolândia, no Paraná. Anos depois, passou a morar em Curitiba, estudando no Colégio Nossa Senhora de Lourdes até transferir-se para o Instituto de Educação do Paraná. Posteriormente, cursou Direito na UNAERP, em Ribeirão Preto.

Em São Paulo, iniciou sua carreira de comunicadora, atuando como garota-propaganda[3], jornalista e radialista. Eleita Miss Inverno, recebeu como prêmio um contrato com a TV Record.

Produziu e apresentou vários programas na TV e no rádio, em todo o país, chegando a conquistar o Troféu Imprensa e o Troféu Roquette Pinto. Em 1966, Meire recebeu o Prêmio Governador do Estado de São Paulo, já em sua primeira edição, das mãos do então governador Ademar de Barros.

Em 1985, criou e patenteou o programa Tempo de Viver, o primeiro dirigido ao público da chamada "terceira idade". O programa ficou cinco anos no ar pela Rede Vida de Televisão.

De 2000 a 2002 comandou o programa A Casa É Sua na RedeTV![4]

Em Brasília, durante um ano, apresentou o Meire Nogueira & Cia, falando sobre política e economia. De volta ao Paraná, comandou, na TVE Paraná, o programa de variedades Alegria de Viver.

Como atriz, participou do filme Um Marido Barra-Limpa (1957) e das telenovelas: Estrelas no Chão (1967), O Preço de uma Vida (1965), Gutierritos, o Drama dos Humildes (1964) e O Direito de Nascer (1964).

Morte[editar | editar código-fonte]

A apresentadora morreu no dia 5 de dezembro de 2018 em decorrência de um câncer descoberto um mês antes de sua morte.[5]

Referências

  1. «Morre a apresentadora Meire Nogueira, uma das pioneiras da TV». tvefamosos.uol.com.br. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  2. «MEIRE NOGUEIRA». PRÓ-TV. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  3. «Garotas papo firme - Emais». Estadão. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  4. «Folha de S.Paulo - 'A Casa É Sua' estréia nova versão amanhã - 06/02/2000». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  5. «Apresentadora Meire Nogueira morre aos 78 anos». Revista Caras. 5 de dezembro de 2018. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.