Michael Bradley

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Michael Bradley
Michael Bradley
Informações pessoais
Nome completo Michael Sheehan Bradley
Data de nasc. 31 de julho de 1987 (30 anos)
Local de nasc. Princeton,  Estados Unidos
Altura 1,86 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Canadá Toronto FC
Número 4
Posição Volante, Meia
Clubes de juventude
0000–2002
2002–2004
Estados Unidos Chicago Sockers
Estados Unidos IMG Soccer Academy
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2004–2005
2005–2008
2008–2011
2011
2011–2012
2012–2014
2014–
Estados Unidos MetroStars
Países Baixos Heerenveen
Alemanha Borussia Mönchengladbach
Inglaterra Aston Villa (emp.)
Itália Chievo Verona
Itália Roma
Canadá Toronto FC
0032 0000(1)
0069 000(18)
0081 000(11)
0004 0000(0)
0036 0000(1)
0046 0000(2)
0068 0000(8)
Seleção nacional3
2002–2004
2004
2004–2007
2008
2006–
Flag of the United States.svg Estados Unidos Sub-17
Flag of the United States.svg Estados Unidos Sub-18
Flag of the United States.svg Estados Unidos Sub-20
Flag of the United States.svg Estados Unidos Sub-23
Flag of the United States.svg Estados Unidos
0006 0000(0)
0001 0000(0)
0008 0000(1)
0004 0000(0)
0138 000(17)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 21 de maio de 2016.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 5 de setembro de 2017.

Michael Sheehan Bradley (Princeton, em 31 de julho de 1987) é um futebolista norte-americano, que atualmente joga no Toronto FC.

É filho de Bob Bradley, ex-técnico da seleção dos Estados Unidos.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Seleção dos Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

Michael atua na seleção norte-americana desde o ano de 2006. Sua primeira convocação foi em um amistoso pré-copa. Entretanto, não figurou na lista dos 23 convocados para a Copa do Mundo FIFA de 2006. Após a Copa, Bob Bradley, pai de Michael, assumiu o cargo de técnico da seleção. Foi então no ano seguinte que Michael Bradley estreou com a camisa dos EUA, em um amistoso contra Guatemala. No mesmo ano, ainda conquistou com seus companheiros a Copa Ouro da CONCACAF. No mês seguinte participou do Mundial Sub-20 de Futebol, chegando às quartas-de-final. Ainda nesse ano de 2007, foi eleito o melhor futebolista jovem dos EUA. Esteve presente em sua seleção na Copa das Confederações de 2009, onde os EUA chegaram à final, perdendo por 3 a 2 contra o Brasil.

Bradley representou a Seleção Estadunidense de Futebol nas Olimpíadas de 2008.[1]

Também foi um jogador importante na campanha norte-americana na Copa do Mundo FIFA de 2010. Fez o segundo gol dos EUA contra a Seleção da Eslovênia no empate por 2x2. Os EUA chegou às oitavas-de-final, antes de ser eliminado por Gana na prorrogação. Bradley fez parte do elenco da Seleção Estadunidense de Futebol da Copa América de 2016.[2]

Referências

  1. Sports Reference. «Elenco USA'2008». Consultado em 20 de junho de 2015 
  2. «Elenco Copa América de 2016». Consultado em 20 de junho de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]