Clint Dempsey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Clint Dempsey
Clint Dempsey
Dempsey pelo Seattle Sounders.
Informações pessoais
Nome completo Clinton Drew Dempsey
Data de nasc. 9 de março de 1983 (35 anos)
Local de nasc. Nacogdoches TX, Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano
Altura 1,85 m[1]
Destro
Apelido Deuce
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Meio-campista
Clubes de juventude
2001–2003 Estados Unidos Furman Paladins
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2004–2006
2007–2012
2012–2013
2013–2018
2014
Estados Unidos New England
Inglaterra Fulham
Inglaterra Tottenham
Estados Unidos Seattle Sounders
Inglaterra Fulham (emp.)
00084 000(26)
00225 000(60)
00043 000(12)
00136 000(58)
00007 0000(0)
Seleção nacional3
2002–2003
2004–2017
Flag of the United States.svg Estados Unidos Sub-20
Flag of the United States.svg Estados Unidos
00013 0000(1)
00141 000(57)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 30 de maio de 2018.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 25 de março de 2017.

Clinton Drew Dempsey (Nacogdoches, 9 de março de 1983), mais conhecido como Clint Dempsey, é um ex-futebolista estadunidense que jogava como meia.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 2001, Dempsey com 17 anos de idade assinou seu primeiro contrato com o New England com período de três anos. Entre esses anos, Dempsey no entanto por se destacar na MLS chamou a atenção dos clubes europeus e em 5 de janeiro de 2003, Dempsey seguiu sua carreira na Europa e se destacou em clubes como Bayern Munich e principalmente no Fulham. Em 31 de agosto de 2012, Dempsey assinou por três anos com o Tottenham por um valor entre seis e 7,5 milhões, e também recusou propostas do Milan, Chelsea, Arsenal e Paris Saint Germain, ele jogou ao lado de vários ídolos europeus no Tottenham, como por exemplo, o galês Gareth Bale, Jermaine Defoe, etc. Gareth Bale antes de partir para o clube espanhol Real Madrid, disse em uma entrevista ao jornal britânico de esportes, Sports Express Britain, em que Clint Dempsey foi um dos melhores companheiros que joguei ao lado em minha carreira, e também disse que foi um dos mentores fundamentais da sua conquista dentro de campo. Com sua habilidade, os americanos decidiram chamar Dempsey para a MLS, é um jogador fundamental para o crescimento da MLS e então Dempsey decidiu ir para o Seattle Sounders ajudar o futebol crescer nos eua atual MLS.[2][3] Em 3 de agosto de 2013, Dempsey voltou aos Estados Unidos para defender o Seattle Sounders.[4]

Retorno ao Fulham[editar | editar código-fonte]

Em 24 de dezembro de 2013, o Fulham garantiu, por empréstimo, o retorno de Dempsey ao seu quartel. O norte-americano fica, no entanto, apenas, a princípio, por dois meses e meio no elenco londrino.[5]

Seleção Estadunidense[editar | editar código-fonte]

Dempsey na seleção dos EUA

Pela seleção nacional, participou das Copas do Mundo de 2006, 2010 e 2014. Na edição de 2006, marcou um gol. Na edição 2014, fez 2 gols e um deles foi um dos gols mais rápidos das copas.

Começou a destacar-se por sua seleção na partida contra o Egito, válida pela Copa das Confederações de 2009, quando marcou o terceiro gol e classificando sua seleção para a Segunda Fase do torneio. Nas semifinais os EUA jogou contra a Espanha, campeã europeia, vencendo-os por 2x0, Dempsey marcou o segundo gol, e foi eleito o melhor em campo de acordo com a FIFA. Na final da competição, contra a Seleção Brasileira, marcou o primeiro gol, mas mesmo assim sua seleção acabou perdendo o jogo. Foi um dos melhores jogadores da Copa das Confederações 2009.

Foi titular na Copa do Mundo de 2010, realizada na África do Sul, a segunda Copa de sua carreira. Marcou o gol de empate na partida entre EUA e Inglaterra, que terminou 1 a 1. Porém, sua seleção acabou eliminada nas oitavas-de-final quando perdeu para a Seleção de Gana por 2 a 1.Ele atualmente é o capitão da seleção americana.

Na Copa do Mundo de 2014, Dempsey marcou o 5° gol mais rápido da história da Copa do Mundo, aos 28 segundos de jogo, na estréia da Seleção Estadunidense contra a Seleção da Gana.

Pela seleção é o segundo maior artilheiro isolado e quarto em números de jogos. Possui dois hat-tricks, um contra a seleção de Cuba na Copa Ouro da CONCACAF de 2015 e outro contra Honduras pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Dempsey é casado com Betânia Keegan Dempsey. Eles têm uma filha chamada Elyse e um filho chamado Jackson. Em seu tempo livre, ele é um pescador. Crescendo, Dempsey teve de superar a morte de sua irmã, Jennifer Dempsey devido a um aneurisma cerebral. Ele possui ascendência irlandesa.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Seleção Estadunidense

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

  • Melhor jogador da partida da Copa do Mundo de 2014: Gana 1x2 Estados Unidos
  • Melhor jogador da Premier League: 2011/12
  • Melhor jogador da Copa Ouro: 2015
  • Artilheiro da Copa Ouro: 2015 (7 gols)
  • Melhor jogador da partida Copa das Confederações de 2009 EUA 2x0 Espanha
  • Chuteira de ouro dos EUA 2008
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Clint Dempsey

Referências

  1. Perfil em ogol.com.br
  2. Mirza, Razwan (31 de agosto de 2012). «Dempsey signs for Spurs» (em inglês). SkySports. Consultado em 31 de agosto de 2012 
  3. Lobo, Felipe (31 de agosto de 2012). «No apagar das luzes, Dempsey fecha com o Tottenham». Trivela. Consultado em 31 de agosto de 2012 
  4. Soundersfc.com (3 de agosto de 2013). «Sounders FC Signs Clint Dempsey» (em inglês) 
  5. Fulham garante empréstimo de Dempsey...por dois meses e meio