Miguel Ángel Brindisi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miguel Ángel Brindisi
Informações pessoais
Data de nasc. 8 de outubro de 1950 (63 anos)
Local de nasc. Buenos Aires, Argentina
Informações profissionais
Posição Treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1967-1976
1976-1979
1979-1980
1981-1982
1983
1983-1984
1984
1985
Argentina Huracán
Espanha Las Palmas
Argentina Huracán
Argentina Boca Juniors
Argentina Unión de Santa Fe
Uruguai Nacional
Argentina Racing
Guatemala Municipal
Seleção nacional
1969–1974 Flag of Argentina.svg Argentina
Times que treinou
1987-1989
1989-1991
1991
1992-1994
1994-1995
1995-1996
1996
1999-2000
2001-2002
2003-2004
2004
2006
2008
2009
2010-2011
2013
Guatemala Municipal
Equador Barcelona
Espanha Las Palmas
Flag of Guatemala.svg Guatemala
Argentina Independiente
Argentina Racing
Flag of Guatemala.svg Guatemala
Espanha Espanyol
Argentina Huracán
Argentina Lanús
Argentina Boca Juniors
Guatemala Comunicaciones
México Atlas
México Jaguares
Argentina Huracán
Argentina Independiente

Miguel Ángel Brindisi (Buenos Aires, 8 de outubro de 1950) é um treinador e ex-futebolista argentino.

Como jogador atuou como meia destacando-se no Huracán.[1] Defendeu também Las Palmas, Boca Juniors, Unión de Santa Fe, Nacional, Racing e Municipal.

Participou da Copa do Mundo FIFA de 1974 e no jogo Seleção Brasileira de Futebol 2–1 Seleção Argentina de Futebol, fez um gol de falta na meta do goleiro Emerson Leão, quebrando um tabu de quatro partidas em que o goleiro brasileiro não sofria gols.[2]

Como treinador já comandou o Municipal, Barcelona, Las Palmas, Independiente, Racing, Espanyol, Huracán, Lanús, Boca Juniors, Comunicaciones, Atlas, Jaguares e a Seleção Guatemalteca de Futebol.

Referências

  1. Brindisi é o novo técnico do Huracán (20 de setembro de 2010).
  2. Seleção Argentina na Copa do Mundo FIFA de 1974 (em português). Fifa.com. Página visitada em 18 de agosto de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]