Mori Ōgai

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Este é um nome japonês; o nome de família é Mori.
Mori Ōgai
Nome nativo 森鴎外
Nascimento 17 de fevereiro de 1862
Tsuwano
Morte 8 de julho de 1922 (60 anos)
Tóquio
Cidadania Japão
Alma mater Universidade de Tóquio
Ocupação linguista, poeta, romancista, tradutor, médico, médico escritor, dramaturgo, militar, crítico literário
Prêmios Grão-Cordão da Ordem do Sol Nascente
Empregador Universidade Keio
Causa da morte Doença infecciosa

Mori Ōgai (森 鷗外 / 森 鴎外?) (Tsuwano, 17 de fevereiro de 1862 - 8 de julho de 1922) foi um médico, tradutor, romancista e poeta japonês. Gan (, O ganso selvagem?, (1911–13)) é considerada sua obra histórica mais importante. Ōgai Mori, ainda recém-chegado da Alemanha, funda juntamente com Naobumi Ochiai e Kimiko Koganei a empresa S.S.S. (Shinseisha). Publica "Omokage" em 1890. Em 1909, o movimento romântico de Ōgai ganha um novo formato com o início do movimento Tanbi, do qual é fundador. Funda a revista "Subaru", carro-chefe do movimento e atrai escritores e poetas românticos e simbolistas, muito devido ao fim da revista "Myôjô" que os abrigava ideologicamente. O movimento Tanbi tornou-se um contraponto importante aos movimentos da época, tais como o Naturalismo e o movimento Shirakaba.


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.