Muaná

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Muaná
  Município do Brasil  
Vista do Porto na Frente da Cidade de Muaná
Vista do Porto na Frente da Cidade de Muaná
Símbolos
Bandeira de Muaná
Bandeira
Brasão de armas de Muaná
Brasão de armas
Hino
Gentílico muanense
Localização
Localização de Muaná no Pará
Localização de Muaná no Pará
Muaná está localizado em: Brasil
Muaná
Localização de Muaná no Brasil
Mapa de Muaná
Coordenadas 1° 31' 40" S 49° 13' 01" O
País Brasil
Unidade federativa Pará
Municípios limítrofes Norte: Anajás; Sul: Limoeiro do Ajuru e Abaetetuba; Leste: Ponta de Pedras; e Oeste: São Sebastião da Boa Vista.
Distância até a capital Distância em linha reta: 79,60 km

Distância em percurso (rotas) dos navios: 102,75 km

História
Fundação 6 de julho de 1895 (127 anos)
Administração
Prefeito(a) Eder Azevedo Magalhães[1] (PSC, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [2] 3 765,524 km²
População total (IBGE/2016[3]) 38 616 hab.
Densidade 10,3 hab./km²
Clima tropical
Altitude 22 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[4]) 0,547 baixo
PIB (IBGE/2014[5]) R$ 212 772,69 mil
PIB per capita (IBGE/2014[5]) R$ 5 702,22

Muaná é um município brasileiro do estado do Pará, localizado na Ilha de Marajó pertencente a Microrregião do Arari. Muaná é conhecida como a terra do camarão. A cidade é conhecida pelo tradicional Festival do Camarão que acontece no mês de junho quando a comunidade ribeirinha começa a chegar nas coloridas embarcações[6]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se no norte brasileiro, a uma latitude 01º31'42" sul e longitude 49º13'00" oeste, estando a uma altitude de 22 metros do nível do mar.[7] O município possui uma população estimada em 37 977 mil habitantes distribuídos em 3 763,199 km² de extensão territorial. Sendo o 4° município mais populoso do Marajó atrás de Breves, Portel e Afuá. É a 5° cidade com o Maior Índice De Desenvolvimento Humano da ilha, com um IDH de 0,653, e o 7° Da região na soma total do PIB.[8]

Em Muaná nasceram o Médico e jornalista Canuto da Costa Azevedo, O poeta, Carlos Hipólito de Santa Helena Magno, O Saltador Ornamental que participou dos Jogos Pan-americanos de Guadalajara, no México em 2011, Ian Matos, que nasceu no distrito de São Miguel Do Pracuúba, que pertence a o município.

História[editar | editar código-fonte]

A origem do Município de Muaná encontra-se numa fazenda particular que, pelo seu desenvolvimento, transformou-se em povoado e, posteriormente foi elevado à categoria de freguesia, em 1757 sob nome de (São Francisco de Paula).[8]

Este foi o primeiro município do Estado do Pará a aderir a Independência do Brasil[9], ocorrido EM 28 de maio de 1823. Sendo comemorado anualmente em uma celebração cívica, com desfiles escolares na cidade.

O Conselho do Governo da Província em sessão de maio de 1833, elevou essa freguesia à condição de Vila, pela Lei nº 324, de 6 de julho de 1895.

Educação[editar | editar código-fonte]

As escolas públicas urbanas de Muaná obtiveram os seguintes IDEBs (índice de desenvolvimento da educação básica) em 2005, de um total de 1.177 avaliações, tendo sido vitoriosa a escola federal, em Belém, PA, Tenente Rego Barros (com 6,1), e ficado sem pontuação a escola estadual Sérgio Mota e a escola municipal Ângelo Nascimento, ambas dessa municipalidade:

IDEB, município, escola e ranking estadual
Nota Escola Ranking
2,9 Escola municipal Dr. José Malcher 581º
2,7 Escola municipal Paula Frassinetti 765º

População educacional[editar | editar código-fonte]

De acordo com o Censo Escolar 2011 realizado anualmente também pelo INEP o quantitativo total de estudantes no Município de Muaná no referido ano foi de 9.675, distribuidos assim: 614 na pré-escola, 7.705 no Ensino Fundamental e 1.356 no Ensino Médio.
No Ensino Fundamental de 1ª 4ª série foram matriculados 4.535, nos anos finais de 5ª a 8ª série 2.895 e na Educação de Jovens e Adultos (EJA)do Ensino Fundamental foram matriculados 275 alunos.[10]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • IBGE (1957). Enciclopédia dos municípios brasileiros. Rio de Janeiro: IBGE. 279 páginas 
  • Enciclopédia dos municípios brasileiros e seus administradores 1997-2000. 3. Rio de Janeiro: Modrian. 2000. 455 páginas. ISBN 85-7091-350-5 Verifique |isbn= (ajuda) 

Referências

  1. «Candidatos a vereador Muaná-PA». Estadão. Consultado em 10 de junho de 2021 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  3. «Estimativa populacional 2016» (PDF). Estimativa populacional 2016. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2016. Consultado em 30 de dezembro de 2016 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 22 de setembro de 2013 
  5. a b «PIBMunicipal2010-2014». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 30 dez. 2016 
  6. Pará, História (1963). História do Pará. Pará: [s.n.] 1 páginas 
  7. Geografos. «Muaná, Pará». Consultado em 2 de junho de 2016 
  8. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. «Município de Muaná - Estado do Pará». Consultado em 2 de junho de 2016 
  9. http://www.orm.com.br/tvliberal/revistas/verpara/edicao6/muana.htm
  10. «Cópia arquivada». Consultado em 25 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 26 de janeiro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Pará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.