Neápolis (Tunísia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Neápolis.
Neápolis
نيابوليس
Ruínas de fábricas de garo em Neápolis
Localização atual
Neápolis está localizado em: Tunísia
Neápolis
Localização de Neápolis no que é hoje a Tunísia
Coordenadas 36° 26' 26" N 10° 43' 10" E
País  Tunísia
Delegação Nabeul

Néapolis (em árabe: نيابوليس) foi uma cidade da Antiguidade e atualmente é um sítio arqueológico situado na costa norte da Tunísia, dois quilómetros a sudoeste do centro da cidade de Nabeul.

É uma das raras cidade do Magrebe que ostenta um nome grego. É mencionada em registos históricos desde o século V a.C., nos textos de Tucídides. É também a cidade mais antiga da região a seguir a Cartago. Foi uma importante cidade cartaginesa, antes de ser destruída por Lúcio Calpúrnio Pisão Cesonino.

Sob o domínio romano, foi elevada a colónia por Júlio César ou por Augusto. Pelas inscrições sabe-se que foi próspera. Os últimos registos históricos são relativos à nomeação de bispos até 646.[1]

Aparentemente foi esquecida durante várias centenas de anos. No século XII al Idrisi menciona a existência de "uma antiga Nabeul", reduzida a ruínas, situadas alguns quilómetros da nova cidade. Durante as sua viagem na regência de Tunes, Victor Guérin (r.1821 1890) observou várias inscrições sobre pedestais onde constava o nome Col(oniae) Iul(iae) Neap(olis).[2]

As primeiras escavações foram realizadas em 1965 e puseram a descoberto um complexo industrial da época romana para o fabrico de garo, um bairro residencial com casas pavimentadas com mosaicos soberbos, alguns deles conservados in situ e outros expostos no Museu de Nabeul.[carece de fontes?]

O sítio passou por um programa de requalificação entre 1996 e 2002, levado a cabo pelo Instituto Nacional do Património e pela Agência de Requalificação do Património e Promoção Cultural.[carece de fontes?]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Pascal Mongne, Archéologie : vingt ans de recherches françaises dans le monde, Maisonneuve et Larose/ADPF.ERC, Paris, 2005, pp. 263-264
  2. Victor Guérin, Voyage archéologique dans la régence de Tunis, vol. II, Henri Plon, Paris, 1862, pp. 247–252
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Neápolis
Ícone de esboço Este artigo sobre arqueologia ou arqueólogos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.