Láribo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Láribo
Alorbos • Lorbeus
Al-Arbus • Al-Urbus
Localização atual
País  Tunísia
Província Le Kef
Dados históricos
Fundação Antiguidade

Láribo (também: Alorbo[1], Lorbeu, Alarbus ou Alurbus) é o nome da antiga Colônia Élia Augusta Lares situada na província de Kef, na atual Tunísia. Inicialmente, esteve localizada na estrada romana que ligava as cidades de Cartago e Teveste (atual Tébessa, Argélia), entre Sica Venéria (Le Kef) e Zama.[2] Nesta estrada, os romanos instalaram 20 estações, com Láribo localizada na milha romana 117.[3] Na Idade Média, foi uma cidade produtora de trigo e cevada. Estava a 20 km de outra cidade antiga, Oba, um centro de cultura do açafrão comparável ao da Espanha.[4] Era uma cidadela de 250 metros de comprimento por 200 metros de largura e contém vários edifícios, paredes grossas de 2,5 metros subindo a uma altura de 8 metros.[5][6]

Foi nesta cidade que o patrício bizantino João Troglita refugiou-se em 544 para reconstruir o exército bizantino destruído na batalha de Cílio (atual Kasserine), na qual o general Salomão pereceu.[7] No mesmo ano a cidade foi sitiada por mouros revoltosos, e o cerco só foi levantado quando foi-lhes paga a soma de 3 000 soldos.[8] Láribo caiu para o exército xiita de Ubaidalá Almadi,[9][10] por ocasião da derrota do exército aglábida durante a batalha história de 18 de março de 909.

Referências

  1. Albacri 1859, p. 69.
  2. Goyau 1893, p. 265.
  3. Benson 2005, p. 594.
  4. Dreses 1866, p. 137.
  5. Espérandieu 1884.
  6. Diehl 1896, p. 273.
  7. Diehl 1896, p. 375-376.
  8. Martindale 1992, p. 1177.
  9. ibne Caldune 1852, p. 441.
  10. Mohamed-Sahnoun 2006, p. 317.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Albacri (1859). William Mac Guckin de Slane, ed. «Description de l'Afrique septentrionale». Paris: Société asiatique. Journal asiatique. XIII 
  • Diehl, Charles (1896). L'Afrique byzantine : histoire de la domination byzantine en Afrique (533-709). Paris: Ernest Leroux 
  • Benson, Edward (2005). Cyprian: His Life, His Times, His Work. Whitefish: Kessinger Publishing 
  • Espérandieu, Émile (1884). Épigraphie des environs du Kef (Tunisie) : inscriptions recueillies en 1882-1883. Paris: Honoré Champion 
  • Goyau, Georges (1893). «La Numidia Militiana de la liste de Vérone». Mélanges d'archéologie et d'histoire. 13 (13) 
  • ibne Caldune (1852). William Mac Guckin de Slane, ed. «Histoire des Berbères et des dynasties musulmanes de l'Afrique septentrionale». Argel: Imprensa do Governo. I 
  • Martindale, John R.; Jones, Arnold Hugh Martin; Morris, John (1992). The Prosopography of the Later Roman Empire - Volume III, AD 527–641. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press. ISBN 0-521-20160-8 
  • Mohamed-Sahnoun, Djaffar (2006). Les Chi'ites : contribution à l'étude de l'histoire du chi'isme des origines à l'époque contemporaine. Paris: Publibook 
  • Dreses; Reinhart Dozy; Michael Jan de Goeje (1866). Description de l'Afrique et de l'Espagne. Leyde: Brill