Open Source (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Open Source
Álbum de estúdio de Kiko Loureiro
Lançamento 10 de julho de 2020
Gênero(s) Metal progressivo
Formato(s) CD, Download digital
Produção Kiko Loureiro
Cronologia de Kiko Loureiro
Sounds of Innocence
(2012)

Open Source é o quinto álbum de estúdio da carreira solo do guitarrista Kiko Loureiro. Lançado em 2020, foi considerado o melhor álbum de guitarra do ano pela revista Guitar World Magazine[1]. A música "Imminent Threat", em parceria com Marty Friedman, teve o seu solo de guitarra eleito como o 6o melhor do ano por esta mesma revista[2].

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as faixas compostas Kiko Loureiro.

TítuloCompositor(es) Duração
1. "Overflow"    5:35
2. "E D M (E-Dependent Mind) (Ft. Bruno Valverde)"    4:25
3. "Imminent Threat (Ft. Marty Friedman)"    5:16
4. "Liquid Times (Ft. Mateus Asato)"    4:49
5. "Sertão"    4:33
6. "Vital Signs"    3:49
7. "Dreamlike"    4:09
8. "Black Ice"    4:48
9. "In Motion"    4:28
10. "Running With The Bulls"    4:48
11. "Du Monde"    4:33

Honrarias[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Indicado Resultado Ref.
2020 Guitar World Magazine Awards Melhor álbum de guitarra do ano Álbum "Open Source" 1a Posição [1]
Melhor solo de guitarra do ano Música "Imminent Threat" 6a posição [2]

Créditos[editar | editar código-fonte]

Músicos Convidados

Referências

  1. a b correiodopovo.com.br/ Disco de Kiko Loureiro é eleito melhor álbum de guitarra do ano pela Guitar World
  2. a b guitarload.com.br/ Os 10 melhores solos de guitarra em 2020, segundo a ‘Guitar World’

Links Externos[editar | editar código-fonte]