Marty Friedman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade.
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Marty Friedman
Friedman em 2009.
Informação geral
Nome completo Martin Adam Friedman
Nascimento 8 de dezembro de 1962 (56 anos)
Local de nascimento Washington, D.C.
Estados Unidos
Gênero(s) Heavy metal, thrash metal, metal neoclássico, speed metal, j-pop
Ocupação(ões) Músico
Instrumento(s) Guitarra, baixo
Modelos de instrumentos Jackson Kelly, Ibanez MFM-1 PRS Marty friedman signature
Período em atividade 1981–presente
Outras ocupações Compositor
Gravadora(s) Avex Trax, Shrapnel, Prosthetic, Universal, EMI
Afiliação(ões) Megadeth, Racer X, Cacophony, Hawaii, Tourniquet, Nanase Aikawa
Página oficial martyfriedman.com

Marty Friedman (nascido como Martin Adam Friedman, 8 de dezembro de 1962) é um guitarrista norte-americano. Ele foi guitarrista da banda de thrash metal Megadeth por quase dez anos. Conhecido também por uma consolidada carreira solo no Japão onde acompanha diversos artistas e também apresenta diversos progamas televisivos além de excursionar o mundo todo fazendo clinicas, shows e workshops.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Sua carreira musical começou com seu primeiro grande show, com a banda Hawaii, abrindo para o Deep Purple em Honolulu, Havaí.

Em 1986, Marty Friedman se reuniu com o virtuoso guitarrista Jason Becker (hoje portador de Esclerose lateral amiotrófica) para formar o Cacophony, projeto que reunia influências neoclássicas e heavy metal, lançando em 1987 o aclamado álbum Speed Metal Symphony. No ano seguinte, já com status de banda eles viriam a lançar Go Off!, seu segundo e último disco. Cacophony se dissolveu em 1989, mas a dupla de guitarristas se consagrou como uma das mais proficientes do gênero, sendo até hoje referência no estilo shred.

Participou também de vários projetos como o Explorer’s Club (que já contou com a participação de John Petrucci).

Marty Friedman escreve regularmente para várias revistas, entre elas a americana Guitar World e as japonesas Young Guitar e Burrn e quando não está em turnê ou gravando, costuma realizar workshops pelo mundo.

Atualmente acompanha a cantora Aikawa Nanase, na gravação em estúdio e turnê. Também tem gravado e compondo material com produtores de lá mesmo, além das vídeo-aulas. Seu trabalho mais recente é a música "Street Demon", trilha sonora do jogo Formula One 2005 para PlayStation 2.

Megadeth[editar | editar código-fonte]

Jeff Young e Chuck Behler em 1990 deixam o Megadeth e entram em seus lugares, respectivamente, Marty Friedman e Nick Menza. Nesse mesmo ano sai o álbum Rust in Peace. "Holy Wars" foi usada como vinheta para abrir e fechar as chamadas do Rock in Rio II, pela Rede Globo, lembrando que se apresentaram nesse mesmo evento em 1991.

O álbum seguinte, Countdown to Extinction, foi lançado em 1992. Em 1994, Dave Mustaine (guitarrista e vocalista do grupo), liberto da dependência de drogas, escreve Youthanasia. No ano seguinte, uma compilação exclusiva para os fãs foi lançada: Hidden Treasures, com trilhas sonoras e covers, incluindo "Angry Again", parte da trilha sonora do filme O Último Grande Herói.

Cryptic Writings chega em 1997. Nesse mesmo ano se apresentaram em São Paulo no aniversário da rádio 89 FM ao lado de Queensrÿche e Whitesnake. Mais mudanças: a saída do baterista Nick Menza, substituído por Jimmy DeGrasso — Nick saiu para operar seu joelho por causa de um tumor. Assim se apresentaram em 1998 no Philips Monsters of Rock, com DeGrasso na bateria.

Em 1999, a banda lança Risk, o último com Marty, que resolve então deixar a banda, sendo substituído em 2000 por Al Pitrelli, guitarrista do Savatage.

Estilo[editar | editar código-fonte]

Técnico e exótico, palavras que melhor resumiriam o estilo e a musicalidade de Marty Friedman, ex-guitarrista do Megadeth. Seu detalhe mais interessante é a maneira como ele segura a palheta. 

Sua técnica foi adquirida em longas horas de estudo. No começo Marty só estudava uma hora por dia, e ensaiava três horas com sua banda, com o tempo, quando começou a tocar coisas mais difíceis, passou a estudar mais horas em sua casa. 

Friedman teve muita influência de lugares onde morou, e isso acabou se refletindo em seu estilo exótico e peculiar de tocar guitarra, lugares como a Alemanha, Califórnia e Havaí, esse último em especial, pois a cultura japonesa tem grande influência. É provável que a música japonesa seja grande responsável por tornar seu estilo tão marcante. Marty utiliza muitos arpejos, mas ao contrario de muitos guitarristas, ele os executa em duas ou trés cordas. Geralmente também utiliza a técnica de pedal point, pegando a chave do arpejo e mudando sua estrutura restante. Outro detalhe é o uso de muitos bends e vibratos muito expressivos, principalmente os de meio tom, feitos para atingir uma nota fora ou tocando a nota fora fazendo o bend para atingir uma nota dentro do campo harmônico. Ele também utiliza muitas escalas exóticas, geralmente remetentes a sonoridade oriental presente em seu estilo, muitas vezes tocando um arpejo e botando notas adicionais de alguma escala na sua execução.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Marty Friedman é de origem judaica. Ele vive atualmente em Shinjuku, bairro de Tóquio, Japão.

Logo após o terremoto de Tohoku em 2011, Friedman começou leiloando uma grande variedade de seu equipamento musical e parafernália que ele usou como membro do Megadeth, incluindo algumas das primeiras produções de Jackson Kelly, a fim de arrecadar fundos em auxílio às vítimas do tsunâmi.

Em dezembro de 2012, Friedman anunciou seu casamento com a violoncelista japonesa Hiyori Okuda, por meio de uma cerimônia em sua festa de aniversário.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Cacophony

Date of release Title Label
1987 Speed Metal Symphony Shrapnel Records
1988 Go Off! Shrapnel Records


Megadeth [editar | editar código-fonte]

Data de lançamento Título Etiqueta
1990 Rust in Peace Capitol Records
1992 Countdown to Extinction Capitol Records
1994 Youthanasia Capitol Records
1997 Cryptic Writings Capitol Records
1999 Risk Capitol Records

Tourniquet[editar | editar código-fonte]

Date of release Title Label
2003 Where Moth and Rust Destroy Metal Blade Records
2012 Antiseptic Bloodbath Pathogenic Records

Enzo and the Glory Ensemble[editar | editar código-fonte]

Date of release Title Label
2015 In the Name of The Father Underground Symphony

Solo[editar | editar código-fonte]

Date of release Title Label
1988 Dragon's Kiss Shrapnel Records
1992 Scenes Shrapnel Records
1994 Introduction Shrapnel Records
1996 True ObBs=essions Shrapnel Records
2003 Music for Speeding MF Music
2006 Loudspeaker Avex Trax
2008 Future Addict Avex Trax
2009 Tokyo Jukebox Avex Trax
2010 Bad D.N.A. Avex Trax
2011 Tokyo Jukebox 2 Avex Trax
2012 Metal Clone X (with Freddy Lim) Avex Trax
2012 "SAMURAI STRONG STYLE" Avex Trax
2014 Inferno Prosthethic
2017 Wall of the Sound Prosthethic

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre Marty Friedman:
Commons Categoria no Commons
Wikidata Base de dados no Wikidata