OurMine

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

OurMine é um grupo de hackers famoso por invadir redes sociais de grandes nomes da tecnologia, famosos e empresas[1].

O grupo se considera "hackers do bem".[1]

Ataques do OurMine[editar | editar código-fonte]

Mark Zuckerberg[editar | editar código-fonte]

Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook (e atual dono do Instagram), já teve várias de suas redes sociais pessoais invadidas pelo grupo. Em junho de 2016, ele teve sua conta do Twitter, do Instagram, do LinkedIn e do Pinterest invadidas pelo grupo.[2] Em setembro de 2016, ele teve a conta do Pinterest invadida novamente pelo grupo. Nesta ocasião, o grupo também descobriu a senha do seu Twitter, mas não poderam acessar ele por conta da autenticação em dois passos.[3]

Outros[editar | editar código-fonte]

No dia 21 de dezembro de 2016, a conta do Twitter da Netflix estadunidense foi invadida pelo grupo. Neste mesmo dia também foram invadidas as contas no Twitter de vários filmes da Marvel. Entre estas contas estavam a de Os Vingadores, do Capitão América, dos Guardiões da Galáxia e a do Doutor Estranho.[1]

Na noite de 2 de abril de 2017, a plataforma Youtube foi invadida pelo grupo, deixando eles, "OurMine are back!... (read the description) " como título do Vídeo e "Hey, it's OurMine don't worry we are just testing your security, please contact us for more information https://ourmine.org" como descrição de vídeo, vários youtubers famosos foram alvo deste grupo de hackers, tais como RedMercy, BunnyFufuu, entre outros.

No dia 22 de agosto de 2017, as contas do clube de futebol Futbol Club Barcelona foram hackeadas, pregando uma "peça" ao dizer que Ángel Di María teria se juntado ao clube, escrevendo "Welcome Ángel Di María to FC Barcelona! #DiMariaFCB". Menos de dois minutos depois, eles publicaram um Tweet falando que eram eles (o OurMine) e pedindo para que contatassem o grupo no site oficial do OurMine. Curiosamente, também pediram descupas no final deste mesmo texto.[4]

Ícone de esboço Este artigo sobre Tecnologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  1. a b c «Contas da Netflix e Marvelno Twitter são hackeadas». Diario de Pernambuco. 21 de dezembro de 2016. Consultado em 07 de janeiro de 2017  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «Ninguém escapa! Mark Zuckerberg tem contas em redes sociais hackeadas». tudocelular.com. 6 de junho de 2016. Consultado em 07 de janeiro de 2017  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. «Que azar! Mark Zuckerberg tem redes sociais hackeadas pela terceira vez este ano». tudocelular.com. 17 de novembro de 2016. Consultado em 07 de janeiro de 2017  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. «Hackers invadem redes do Barcelona e clube 'anuncia' Di María - Veja.Abril.com.br». Sítio da Revista Veja. Grupo Abril. 23 de agosto de 2017. Consultado em 29 de agosto de 2017