Palmeirina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para não confundir com, veja Palmeirinha.
Município de Palmeirina
Bandeira de Palmeirina
Brasão de Palmeirina
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 31 de dezembro
Fundação 1948
Gentílico palmeirinense
Prefeito(a) Marcelo Neves de Lima (PSB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Palmeirina
Localização de Palmeirina em Pernambuco
Palmeirina está localizado em: Brasil
Palmeirina
Localização de Palmeirina no Brasil
09° 00' 14" S 36° 19' 33" O09° 00' 14" S 36° 19' 33" O
Unidade federativa  Pernambuco
Mesorregião Agreste Pernambucano IBGE/2008[1]
Microrregião Garanhuns IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes norte com São João (Pernambuco) e Angelim, sul: Correntes e

Estado das Alagoas, leste: Canhotinho; oeste: Garanhuns.

Distância até a capital 212 km
Características geográficas
Área 158,014 km² [2]
População 8 078 hab. estatísticas IBGE/2014[3]
Densidade 51,12 hab./km²
Altitude 531 m
Clima Tropical As'
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,549 baixo PNUD/2010[4]
PIB R$ 46 040 mil IBGE/2012[5]
PIB per capita R$ 5 633 86 IBGE/2012[5]
Página oficial

Palmeirina é um município brasileiro do estado de Pernambuco.

História[editar | editar código-fonte]

A atual cidade de Palmeirina surgiu da povoação de Palmeira, que, inicialmente, pertencia ao município de Canhotinho. Os primeiros sinais de progresso surgiram quando o comerciante José Caetano de Moraes construiu a primeira casa residencial, dando origem, mais tarde, ao povoado.

Foi elevada a distrito pela Lei estadual nº 991, de 1 de setembro de 1909. A 11 de setembro de 1928, Palmeira tornou-se município autônomo. A 6 de junho de 1931, a sede do município foi transferida para a povoação de Angelim e Palmeira foi rebaixada à condição de distrito.

A 31 de dezembro de 1943, o distrito de Palmeira mudou o nome para Palmeirina e, a 31 de dezembro de 1948, tornou-se município autônomo, desmembrado do município de Angelim.

Anualmente, no dia 31 de dezembro Palmerina comemora a sua emancipação política.

Sua padroeira é Nossa Senhora da Conceição.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 09º00'16" sul e a uma longitude 36º19'33" oeste, estando a uma altitude de 531 metros. Sua população estimada em 2004 era de 10 164 habitantes.

Localização: Distante 240 km (via Garanhuns) 241 km (via Palmares) da capital, Recife.

Limites: Ao norte com São João e Angelim, ao sul com Correntes e estado de Alagoas, a leste com Canhotinho e a oeste com Garanhuns. Possui uma área de 158 km².

Economia[editar | editar código-fonte]

Tem como atividade econômica a agricultura (mandioca, feijão, banana e castanha de caju) e pecuária (leite).

Administração[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Estimativa Populacional 2014». Estimativa Populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Agosto de 2014. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 1 de outubro de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2012». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Pernambuco é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.