Partido Comunista da Ucrânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Partido Comunista da Ucrânia
Комуністична партія України
Líder Petro Symonenko
Secretário Igor Alekseyev
Fundação 1993
Dissolução 2015 (banido)
Sede Kiev,  Ucrânia
Ideologia Comunismo[1]
Marxismo-leninismo[1]
Populismo de esquerda[2]
Nacionalismo soviético
Russofilia
Espectro político Extrema-esquerda
Publicação Komunist (desde 2000)[3]
Ala jovem Komsomol da Ucrânia
Antecessor Partido Comunista (bolchevique) da Ucrânia
Partido Socialista da Ucrânia (cisão)
Sucessor Nova Derzhava (2015) (parcialmente fundido em)
Membros 115.000 (2012)
Afiliação nacional Oposição de esquerda
Afiliação internacional União dos Partidos Comunistas da URSS
Encontro Internacional de Partidos Comunistas e Operários
Cores Vermelho

O Partido Comunista da Ucrânia (em ucraniano: Комуністична партія України, Komunistychna Partiya Ukrayiny, KPU) foi um partido político da Ucrânia, encontrando-se banido pelas autoridades do país desde 2015.[4]

O Partido Comunista foi fundado em 1993 como sucessor da secção ucraniana do Partido Comunista da União Soviética, mantendo a ideologia de linha comunista e marxista-leninista[5] e, rapidamente, se tornou um dos partidos mais influentes do país. Nas eleições de 2014, os comunistas ficaram, pela primeira vez na história, fora do parlamento.[6]

Os comunistas, por causa do seu apoio aos movimentos separatistas de Donetsk e Lugansk e a anexação da Crimeia pela Rússia, foram acusados de traição pelas autoridades ucranianas,[7] o que culminou com o partido ser banido em 2015.[8] O KPU apelou esta ordem ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, estando ainda a aguardar pelo veredicto final.[9]

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições presidenciais[editar | editar código-fonte]

Data Candidato

apoiado

1ª Volta 2ª Volta
Votos % Votos %
1994 Oleksandr Oroz 3 466 541 13,3 (3.º)
1999 Petro Symonenko 5 849 077 23,1 (2.º) 10 665 420 38,8 (2.º)
2004 Petro Symonenko 1 396 135 5,0 (4.º)
2010 Petro Symonenko 872 877 3,5 (6.º)
2014 Petro Symonenko 272 723 1,5 (9.º)

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data Votos % +/- Deputados +/- Status
1994 3 683 332 12,7 (1.º)
86 / 450
Governo
1998 6 550 353 25,4 (1.º) Aumento12,7
121 / 450
Aumento35 Apoio parlamentar
2002 5 178 074 20,8 (2.º) Baixa4,6
66 / 450
Baixa55 Oposição
2006 929 591 3,7 (5.º) Baixa17,1
21 / 450
Baixa45 Governo
2007 1 257 291 5,4 (4.º) Aumento1,7
27 / 450
Aumento6 Oposição
2012 2 687 246 13,2 (4.º) Aumento7,8
32 / 450
Aumento5 Apoio parlamentar
2014 611 923 3,9 (8.º) Baixa9,3
0 / 423
Baixa32 Extra-parlamentar

Referências

  1. a b Nordsieck, Wolfram (2014). «Ukraine». Parties and Elections in Europe. Consultado em 6 de setembro de 2018. Cópia arquivada em 12 de junho de 2018 
  2. «Populism in Ukraine in a Comparative European Context (in English)» (PDF). Problems of Post-Communism, vol. 57, no. 6, pp. 3-18. Novembro–dezembro de 2010. Consultado em 29 de novembro de 2013 
  3. Official website. Komunist newspaper.
  4. «Новини | Українська правда». pda.pravda.com.ua. Consultado em 23 de dezembro de 2016 
  5. Nordsieck, Wolfram. «Parties and Elections in Europe». www.parties-and-elections.eu. Consultado em 23 de dezembro de 2016 
  6. Shuster, Simon. «Ukraine's Elections Mark a Historic Break With Russia and Its Soviet Past». TIME.com. Consultado em 23 de dezembro de 2016 
  7. «Ukraine Communists deny financing terrorism, accuse Security Service chief of lying | KyivPost». KyivPost (em inglês). 26 de agosto de 2014 
  8. «Court rules complete ban of Communist Party of Ukraine» 
  9. «Kiev has a nasty case of anti-communist hysteria». The Guardian (em inglês). 18 de dezembro de 2015. ISSN 0261-3077