Partido Comunista do Chile

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: "PCCh" redireciona para este artigo. Para o partido chinês, veja Partido Comunista da China.
Partido Comunista do Chile
Partido Comunista de Chile
Líder Guillermo Teillier
Fundação 1922
Sede Santiago do Chile,  Chile
Ideologia Comunismo
Marxismo-leninismo
Espectro político Extrema-esquerda
Publicação El Siglo
Ala jovem Juventudes Comunistas do Chile
Membros (2017) 52.356
Afiliação nacional Unidade pela Mudança (2019-presente)
Afiliação internacional Foro de São Paulo
Câmara dos Deputados
9 / 120
Senado
0 / 38
Cores Vermelho

O Partido Comunista do Chile (PCCh) é um partido político chileno de orientação marxista. Fundado em 1912 por Luis Emilio Recabarren sob o nome de Partido Operário Socialista, o PCCh é atualmente liderado por Guillermo Tellier. O partido publica um jornal chamado El Siglo.

A organização juvenil do partido é a Juventudes Comunistas do Chile (JJCC), cujo integrante mais famoso foi o cantor e compositor Víctor Jara, assassinado em 16 de setembro de 1973, logo após a deflagração do golpe militar liderado pelo general Augusto Pinochet. Outros membros famosos do partido incluem o poeta vencedor do Prêmio Nobel Pablo Neruda e a cantora e compositora Violeta Parra. Atualmente, Camila Vallejo, é uma das dirigentes do Comitê Central da entidade, era presidente da Federação de Estudantes da Universidade do Chile (FECh) e uma liderança dos protestos contra o sistema neoliberal na educação do Chile.[1]

Nas eleições parlamentares de 2013, o Partido Comunista ganhou seis assentos na Câmara dos Deputados. Atualmente, o partido é parte da Nova Maioria, coalizão de centro-esquerda liderada por Michelle Bachelet

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições presidenciais[editar | editar código-fonte]

Colégio Eleitoral[editar | editar código-fonte]

Data Candidato

apoiado

CI. Votos % Colégio

Eleitoral

Status
1925 José Santos Salas 2.º 74 091
28,40 / 100,00
Não Eleito
1927 Nenhum candidato apoiado
1931 Elías Lafferte 3.º 2 434
0,85 / 100,00
Não Eleito
1932 Elías Lafferte 5.º 4 128
1,20 / 100,00
Não Eleito
1938 Pedro Aguirre Cerda 1.º 222 720
50,45 / 100,00
Eleito
1942 Juan Antonio Ríos 1.º 260 034
55,74 / 100,00
Eleito
1946 Gabriel González Videla 1.º 192 207
40,23 / 100,00
138 / 185
Eleito
1952 Salvador Allende 4.º 51 975
5,45 / 100,00
Não Eleito
1958 Salvador Allende 2.º 356 493
28,85 / 100,00
26 / 192
Não Eleito
1964 Salvador Allende 2.º 977 902
38,93 / 100,00
Não Eleito
1970 Salvador Allende 1.º 1 075 616
36,63 / 100,00
153 / 200
Eleito

Nota: O colégio eleitoral foi usado quando nenhum candidato tinha mais de 50% dos votos

Voto Popular[editar | editar código-fonte]

Data Candidato

apoiado

1.ª Volta 2.ª Volta
CI. Votos % CI. Votos %
1989 Patricio Aylwin 1.º 3 850 571
55,17 / 100,00
1993 Eugenio Pizarro Poblete 5.º 327 402
4,70 / 100,00
1999/00 Gladys Marín Millie 3.º 225 224
3,19 / 100,00
2005/06 Tomás Hirsch Goldschmidt 4.º 375 048
5,40 / 100,00
2009/10 Jorge Arrate Mac Niven 4.º 433 195
6,21 / 100,00
2013 Michelle Bachelet 1.º 3 075 839
46,70 / 100,00
1.º 3 470 055
62,17 / 100,00
2017 Alejandro Guillier 2.º 1 497 118
22,70 / 100,00
2.º 3 159 902
45,42 / 100,00
2021 Gabriel Boric 2.º 1 815 024
25,82 / 100,00
1.º 4 620 671
55,87 / 100,00

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Câmara dos Deputados[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % +/- Deputados +/- Coligação Designação
1924 6.º 1 212
0,49 / 100,00
0 / 118
1925 Partido Democrata
7 / 132
Aumento7
1930 Banido
1932
1937 6.º 17 162
4,16 / 100,00
7 / 146
Partido Nacional Democrático
1941 5.º 53 144
11,80 / 100,00
Aumento7,64
16 / 147
Aumento9 Partido Progressista Nacional
1945 4.º 46 133
10,18 / 100,00
Baixa1,62
15 / 147
Baixa1 Aliança Democrática Partido Progressista Nacional
1949 6.º 22 631
4,98 / 100,00
Baixa3,95
6 / 147
Baixa8 Partido Socialista Popular
13.º 5 721
1,25 / 100,00
1 / 147
Partido Socialista Autêntico
1953 Frente do Povo
2 / 147
Baixa5
1957 11.º 17 785
2,00 / 100,00
4 / 147
Aumento2 Frente de Ação Popular Partido do Trabalho
1961 5.º 157 572
11,76 / 100,00
Aumento9,76
16 / 147
Aumento12 Frente de Ação Popular
1965 3.º 290 635
12,73 / 100,00
Aumento0,97
18 / 147
Aumento2 Frente de Ação Popular
1969 3.º 383 049
16,60 / 100,00
Aumento3,87
22 / 150
Aumento4 Unidade Popular
1973 4.º 593 738
16,36 / 100,00
Baixa0,24
25 / 150
Aumento3 Unidade Popular
Banido de 1973 a 1989
1989 Partido Amplo da Esquerda Socialista
0 / 120
1993 6.º 336 034
4,99 / 100,00
0 / 120
Estável Alternativa Democrática de Esquerda
1997 6.º 398 588
6,88 / 100,00
Aumento1,89
0 / 120
Estável A Esquerda
2001 6.º 320 688
5,22 / 100,00
Baixa1,66
0 / 120
Estável
2005 6.º 339 547
5,14 / 100,00
Baixa0,08
0 / 120
Estável Juntos Podemos Mais
2009 8.º 133 718
2,02 / 100,00
Baixa3,12
3 / 120
Aumento3 Concertación
2013 6.º 255 914
4,11 / 100,00
Aumento2,09
6 / 120
Aumento3 Nova Maioria
2017 7.º 274 935
4,58 / 100,00
Aumento0,47
8 / 120
Aumento2 A Força da Maioria

Nota: Entre 1932 a 1957, o Partido Comunista estava proibido de participar com o seu nome nas eleições.

Senado[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Partido Comunista do Chile
Ícone de esboço Este artigo sobre a política do Chile é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.