Partido Democrata Cristão do Chile

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde janeiro de 2015).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Partido Democrata Cristão do Chile
Presidente Carolina Goic
Fundação 28 de julho de 1957
Sede Av. Libertador Bernardo O'Higgins 1460, Santiago
Ideologia Democracia cristã
Humanismo cristão
Esquerda cristã
Espectro político Centro
Afiliação internacional Internacional Democrata Centrista
Cores Azul,Branco e Vermelho
Página oficial
www.pdc.cl

O Partido Democrata Cristão do Chile (PDC), também chamado de Democracia Cristã, é um partido político chileno fundado em 28 de julho de 1957, através de diversos grupos sociais-cristãos. Participaram de sua criação a Falange Nacional e o Partido Conservador Social Cristão, grupos sectários do Partido Conservador, e que formavam a Federação Social Cristã. É integrante da Internacional Democrata Cristã. Atualmente, ele é o maior partido em termos de número de militantes com pouco mais de 113,000 membros.[1]

O PDC adere ao humanismo cristão surgido nos ensinamentos da encíclica social Rerum Novarum, ditada pelo papa Leão XII em 1891, e as posteriores, que buscam entregar diretrizes nas vidas das pessoas para poder criar uma sociedade mais justa e que resolva os graves problemas sociais, provocados pela Revolução Industrial e as duras práticas do liberalismo.

Na história do século XX no Chile, o PDC teve uma posição de centro democrática. Suas principais medidas na história do Chile são a Reforma Agrária, a Nacionalização do Cobre, oposição ao governo de Unidade Popular, sua participação na recuperação democrática, a defesa dos direitos humanos, violentados durante o Governo Militar que regeu o país sob comando de Augusto Pinochet (1973-1990) e a modernização do país durante os últimos 15 anos, com sua participação nos governos da Concertación.

Atualmente é liderado por Soledad Alvear. Forma, junto com o Partido por la Democracia, Partido Radical Social Demócrata e o Partido Socialista a chamada Concertación por la Democracia, que governa o país desde a sua redemocratização, em 1990. A atual presidente do país, Michelle Bachelet, foi eleita pela Concertación, porém é integrante do Partido Socialista, assim como seu antecessor, Ricardo Lagos. Até o momento, três democratas cristãos governaram o país: Eduardo Frei Ruiz-Tagle, Patricio Aylwin e Eduardo Frei Montalva.

Referências

  1. Navarrete, Camila (25 de novembro de 2012). «Democracia Cristiana es el partido que más militantes tiene en el país» (em espanhol). Radio Biobío. Consultado em 16 de dezembro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Partido Democrata Cristão do Chile