Passagem (Paraíba)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Passagem
Bandeira de Passagem
Brasão de Passagem
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 22 de dezembro
Fundação 22-12-1961
Gentílico passagense
Prefeito(a) Magno Silva Martins[1] (PMDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Passagem
Localização de Passagem na Paraíba
Passagem está localizado em: Brasil
Passagem
Localização de Passagem no Brasil
07° 08' 16" S 37° 02' 56" O07° 08' 16" S 37° 02' 56" O
Unidade federativa  Paraíba
Região
intermediária

Patos IBGE/2017[2]

Região
imediata

Patos IBGE/2017[2]

Região metropolitana Patos
Municípios limítrofes norte: Quixaba e São Mamede; leste: Areia de Baraúnas; Sul: Taperoá e Cacimba, e, oeste: Cacimba de Areia

e Quixaba

Distância até a capital 297 km
Características geográficas
Área 111,875 km² [3]
População 2 424 hab. IBGE/2017[4]
Densidade 21,67 hab./km²
Altitude 300 m
Clima semiárido Bsh
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,628 médio PNUD/2000 [5]
PIB R$ 10 446,539 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 4 785,40 IBGE/2008[6]

Passagem, município no estado da Paraíba (Brasil), localizado na Região Geográfica Imediata de Patos e integrante da Região Metropolitana de Patos. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano 2017 sua população foi estimada em 2.424 habitantes. Área territorial de 112 km².

História[editar | editar código-fonte]

Em 1870, Camilo de Melo, proprietário da fazenda Cruz da Passagem, mais tarde chamada simplesmente Passagem, doou o terreno para a construção de uma capela em honra à Nossa Senhora da Conceição.

Algumas casas foram construídas à sua volta, originando-se daí o núcleo que mais tarde viria a ser o município de Passagem, o nome conservado desde sua origem.

Geografia[editar | editar código-fonte]

O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005[7]. Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca.

Riachos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Portal Eleições 2016. «Resultado das Eleições: Passagem-PB». Consultado em 07 de janeiro de 2017.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 17 de agosto de 2017.. Cópia arquivada em 17 de agosto de 2017 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  4. «Estimativa populacional 2017 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 30 de agosto de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2017. 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  7. «Ministério da Integração Nacional, 2005. Nova delimitação do semiárido brasileiro» .

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios da Paraíba é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.