Paulo Ghiraldelli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Paulo Ghiraldelli
Paulo Ghiraldelli em 2020
Nome completo Paulo Ghiraldelli Júnior
Nascimento 23 de agosto de 1957 (64 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Filósofo, escritor e professor
Carreira na internet
Inscritos + 419.000 (novembro de 2020)
Influência(s)  • Peter Sloterdijk
 • Richard Rorty
 • Filosofia americana

Paulo Ghiraldelli Júnior (São Paulo, 23 de agosto de 1957) é um filósofo, professor e escritor brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Paulo Ghiraldelli formou-se bacharel em filosofia pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Tornou-se mestre e doutor em filosofia pela Universidade de São Paulo (USP). Também é mestre e doutor em filosofia e história da educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), além de possuir pós-doutorado em medicina social pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

Ghiraldelli trabalhou como pesquisador na Nova Zelândia e nos Estados Unidos, onde travou amizade com o filósofo pragmatista Richard Rorty, que foi uma de suas influências.[1]

É fundador e diretor do Centro de Estudos em Filosofia Americana[2], instituto de pesquisas focado em diversos aspectos da filosofia estadunidense e, de modo mais amplo, com o pragmatismo em diversos países e que tem como presidente de honra o filósofo americano Donald Davidson.[2]

Posicionamentos[editar | editar código-fonte]

Em entrevista, Ghiraldelli define sua filosofia

A filosofia que desenvolvo é a que batizei como desbanalização do banal. Ela é feita a partir da história da filosofia e de seu contato com o cotidiano. Faço diferente da filosofia crítica (Kant-Marx) e da filosofia como terapia (Wittgenstein). No primeiro caso, há a saída da Caverna (Ideologia) para o encontro com o Real, no segundo há a dissolução dos problemas filosóficos a partir da linguagem. No meu caso, tomo o que é muito visto, não o que é oculto ou o que estaria mascarado, tomo o que é não interessante, o que é banal para, então, redescrevê-lo (Rorty) e formular narrativas que possam desbanalizá-lo, torná-lo algo que levem as pessoas a não mais tropeçar neles como banais. Fiz isso em dezenas de livros, especialmente no O corpo, da Ática, e no A aventura da filosofia, da Manole. Também é Filosofia e história da educação brasileira (Manole) há esse procedimento.
«.:: Entrevistando o filósofo Paulo Ghiraldelli - Só Filosofia - Entrevista ::.». www.filosofia.com.br. Consultado em 23 de agosto de 2017 

Youtube[editar | editar código-fonte]

Ghiraldelli iniciou seu canal no YouTube em 2006. Porém, começou a publicar vídeos com mais regularidade a partir de 2019, quando teve início o governo Jair Bolsonaro, ao qual o filósofo faz oposição, buscando apresentar análises políticas para fomentar a reflexão, o pensamento e a consciência crítica acerca do governo, preferindo isso à filiação partidária.[3][1]

Livros[editar | editar código-fonte]

É autor de mais de 40 livros em filosofia e educação.[4][5]

Em 2019, Ghiraldelli Junior publicou A Filosofia Explica Bolsonaro, pela editora Leya. A obra tenta explicar através da filosofia, o Brasil durante o governo Jair Bolsonaro.[6] Dentro de um mês, o livro figurou entre os mais vendidos do Brasil e chegou à sua segunda edição.[3][7][8]

Em 2020, Paulo Ghiraldelli lançou em meio digital, pela CEFA Editorial, o livro República Brasileira: de Deodoro a Bolsonaro e ainda em 2020 o livro Narrativas Contemporâneas.[9] Entre o lançamento desse livro e o do A Filosofia Explica Bolsonaro, lançou também o 10 Lições sobre Sócrates em 2019.

Livros publicados por Ghiraldelli:[10][11][12]

CEFA Editorial:

“Narrativas Contemporâneas – Debord, Sloterdijk, Agamben, Han, Lasch, Lipovetsky e Heidegger“. 2021, ISBN-10: ‎ 6599099432

“Estoicismo: uma introdução”. 2021, ISBN: 978-65-994392-6-1

“Semiocapitalismo”. 2021, ISBN: 978-65-994392-5-4

“Marx, Nietzsche e o valor”. 2021, ISBN: 978-65-994392-4-7

“The Bolsonaro’s democracy: 2018-2020”. 2021, ISBN: 978-65-994392-3-0

“A Democracia de Bolsonaro: 2018-2020″. 2021, ISBN-10: 6599439217

Pandemia e Pandemônio: Ensaios sobre biopolítica no Brasil”. 2020, ISBN 978-65-990994-2-7

“Ensaios sobre Giorgio Agamben: e outros estudos”. 2020, ISBN 978-65-990994-0-3

República Brasileira: de Deodoro a Bolsonaro”. 2020, ISBN 978-65-990994-1-0


Editora Cortez:

“História da Educação Brasileira”. 2019, ISBN-10: 8524923458

Sócrates: pensador e educador“. 2015, ISBN-10: 8524923547

A filosofia como crítica da cultura“. 2014, ISBN-10: 852492165X

Educação e movimento operário“. 1987, ISBN-10: 8524900814

Infância, escola e modernidade“. 1997, ISBN-10: 8524906359

“Infância, educação e neoliberalismo”. 1996, ISBN-10: 8524906286

Educação e razão histórica“. 1994, ISBN: 9788524905476

Editora Leya:

“Filosofia explica Bolsonaro”. 2019, ISBN-10: 857734686


Editora Vozes:

Dez lições sobre Sócrates“. 2019, ISBN-10: ‎8532661092

Dez lições sobre Peter Sloterdijk“. 2018, ISBN-10: ‎ 853265647

Richard Rorty – a filosofia do Novo Mundo em busca de mundos novos“. 1999.


Editora ANPOF:

Pragmatismo, filosofia da mente e filosofia da neurociência“. 2017, ISBN: 978-85-88072-60-2

Pragmatismo, filosofia analítica e filosofia da mente“. 2015, ISBN 978-85-88072-30-5


Editora Manole:

A Nova Filosofia da Educação”. 2014, ISBN-10:‎ 8520433138

Filosofia política para educadores“. 2013, ISBN-10: 8520432867

As lições de Paulo Freire. Filosofia, educação e política“. 2012, ISBN-10:‎ 8520434800

Filosofia, amores e Companhia”. 2011, ISBN-10: 852043181X

A aventura da filosofia II“. 2011, ISBN-10: 8520431526

“A aventura da filosofia I“. 2010, ISBN-10: 8520427790

Para ler o Zaratustra de Nietzsche“. 2012, ISBN-10: 852043343X

As mulheres das tragédias gregas: Poderosas?“. 2011, ISBN-10: 852043259X

O que é dialética do iluminismo“. 2010, ISBN-10: 8520430511

Filosofia e História da Educação Brasileira“. 2009, ISBN-10: 8520428401

“Introdução à Filosofia”. 2003, ISBN-10: 8520416802

Editora Universo dos livros:

Dossiê Platão“. 2011, ISBN-10‏:‎ 8579301831

Como a filosofia pode explicar o amor“. 2012, ISBN-10: 8579302544

História Esencial da Filosofia vol 1“. 2010, ISBN-10 8579300436

História Essencial da Filosofia vol 2“. 2010, ISBN-10: 8579300568

História Essencial da Filosofia vol 3“. 2010, ISBN-10: 8579300959

História Essencial da Filosofia vol 4“. 2010, ISBN: 9788579301155

História Essencial da Filosofia vol 5″. 2010, ISBN: 9788579301193


Editora Rodopi:

Pragmatism, Education and Children“. 2011, ISBN-10: 9042023422


Editora Luminária Acadêmica:

Introdução à filosofia de Donald Davidson“. 2010, ISBN-10: 8579612969


Editora Brasiliense:

O que é filosofia contemporânea“. 2009, ISBN-10: 8511001212

O que é pedagogia“. 2007, ISBN-10: 851135042X

“O que é pragmatismo”. 2007, ISBN-10: 8511001069


Editora Ática:

O Corpo – filosofia e educação“. 2008, ISBN-10: 508114486

“Filosofia da Educação“. 2006, ISBN: 9788508106028


Editora Contexto:

História da filosofia – dos pré-socráticos a Santo Agostinho“.2008, ISBN-10: 8572444106


Editora DP&A:

Ensaios Pragmatistas“. 2006, ISBN-10: 8574903809

Caminhos da filosofia“. 2005, ISBN-10: 8574903353

Filosofia, educação e política“. 2003, ISBN: 85-7490-160-1

“O que é Filosofia da Educação?”. 2002, ISBN: 9798574901489

Neopragmatismo, Escola de Frankfurt e Marxismo“. 2001, ISBN:9798574901120

“Pragmatismo: da filosofia da linguagem à política democrática. Introdução de Richard Rorty: contra os chefes, contra as oligarquias”. 2001.

“O que você precisa saber em’ filosofia da educação“. 2000, ISBN-10: ‎ 8574900079

“O que você precisa saber em’ Didática e Teorias Educacionais”. 2000, ISBN: 85-7490-012-5

“Estilos em filosofia da educação“ 2005, ISBN: 8574903418


Editora Palgrave Macmillan:

“Communities of Difference: Culture, Language, Technology” 2005, ISBN-10: 1403963274


Editora Roman and Littlefields:

Richard Rorty: Education, Philosophy, and Politics”. 2001, ISBN-10: 0742509060


Editora Unijui:

Filosofia da educação e ensino: Perspectivas Neopragmaticas”. 2000, ISBN-10: 8574291234


Editora Escuta:

O corpo de Ulisses-Materialismo e Modernidade em Adorno e Horkheimer“. 1996, ISBN: 8571371083


Editora Humanidades:

“Três estudos e historiografia da educação”. 1993, ISBN-10: ‎ 8585459042

“Pedagogia e luta de classes no Brasil (1930 – 1937)“. 1991, ISBN-10: 8585459018


Editora Loyola:

“Educação Física Progressista“. 1987.

Polêmicas[editar | editar código-fonte]

No dia 19 de novembro de 2013, em um evento de filosofia em que Ghiraldelli estava presente, alunos da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) fizeram um protesto contra atos de descriminação que o filósofo recorrentemente estaria praticando durante as aulas. De acordo com os estudantes, estereótipos de natureza homofóbica, preconceituosa e racista vinham sendo dirigidos aos alunos.[13] Ghiraldelli abandonou o evento, registou a ocorrência no Departamento de Polícia local e afirmou aos jornais não reconhecer nenhum de seus alunos entre os manifestantes.[13]

Em fevereiro de 2016, Ghiraldelli gerou polêmica ao afirmar que "Jesus era pedófilo" por amar as "criancinhas". Em sua defesa, o filósofo se apoiou no significado original do termo na antiguidade: certo de que a palavra pedofilia quando remonta ao grego παῖς, παιδός (paîs, paidós [criança]) e φιλία (philía [amor amigável]) apresenta o significado de "amigo de crianças"[14], Ghiraldelli argumentou ter usado o termo nesse sentido e não no sentido de um transtorno psiquiátrico (paedophilia erotica).[15] Em fevereiro de 2020 ele repostou o texto sob o título A pedofilia de Augusto Nunes[15] em resposta ao jornalista Augusto Nunes.[16]

Referências

  1. a b «JAIR BOLSONARO SEGUNDO A FILOSOFIA». Aventuras na História. Editora Perfil. 18 de dezembro de 2019. Consultado em 3 de Janeiro de 2020 
  2. a b «CEFA - Home». Centro de Estudos em Filosofia Americana. Consultado em 1 de junho de 2020 
  3. a b «Paulo Ghiraldelli: "Petista faz auê, bolsominion é perturbado"». ISTOÉ Independente. 13 de dezembro de 2019. Consultado em 15 de dezembro de 2019 
  4. «Paulo Ghiraldelli Jr. - Autores». Editora Contexto. Consultado em 23 de agosto de 2017 
  5. «Bio». Paulo Ghiraldelli Jr. 2 de novembro de 2007 
  6. «Vem aí: "A filosofia explica Bolsonaro", de Paulo Ghiraldelli». Leya 
  7. Basilio, Ana Luiza (6 de novembro de 2019). «"Bolsonaro não odeia Lula. Em muitos aspectos, o admira", diz filósofo». CartaCapital. Consultado em 17 de dezembro de 2019 
  8. André Barrocal (1 de março de 2020). «Dubiedade das Forças Armadas alimenta beligerância de Bolsonaro». CartaCapital 
  9. «Publicações CEFA Editorial». CEFA. Consultado em 15 de fevereiro de 2021 
  10. https://ghiraldelli.pro.br/livros/
  11. «Livros por Paulo Ghiraldelli Jr. na Estante Virtual». Estante Virtual. Consultado em 23 de agosto de 2017 
  12. «currículo lattes». Paulo Ghiraldelli (em inglês). 29 de janeiro de 2021. Consultado em 22 de setembro de 2021 
  13. a b «Alunos da UFRRJ invadem palestra para protestar contra professor». O Globo. 11 de novembro de 2013. Consultado em 2 de Agosto de 2020 
  14. Liddell, H.G.; Scott, Robert (1959). Intermediate Greek-English Lexicon. Oxford, England: Oxford At The Clarendon Press. ISBN 978-0-19-910206-8.
  15. a b Ghiraldelli, Paulo. A pedofilia de Augusto Nunes. Ghiraldelli Online. São Paulo. 2021. Acesso em 18 de abril de 2021.
  16. Novaes, Luana (17 de fevereiro de 2016). «Professor da UFRRJ afirma que "Jesus era pedófilo" e causa indignação». Guiame. Consultado em 18 de abril de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]