Paulo Guarnieri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paulo Guarnieri
Nome completo Rogério Paulo Thompson Guarnieri
Nascimento 4 de março de 1962 (54 anos)
São Paulo,  São Paulo
Nacionalidade  brasileiro
Ocupação Ator, dramaturgo e empresário
Atividade 1973 – atualidade
Cônjuge Ana Cristina Costa Lima (1980–1986)
Carmen Lucia Ramos Guimarães (1987–1991)
Hérika Assis Ribeiro (1992)
IMDb: (inglês)

Paulo Guarnieri, nome artístico de Rogério Paulo Thompson Guarnieri (São Paulo, 4 de março de 1962) é um ator, dramaturgo e empresário brasileiro. Proprietário da pousada Chalé Recanto da Praia, em Paraty (RJ).[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho do falecido ator Gianfrancesco Guarnieri e da jornalista Cecilia Thompson, e irmão de Flávio Guarnieri, também falecido.[2] Foi casado com a psicóloga Ana Cristina Costa Lima (1980-1986), com quem teve um filho: Francisco e com Carmen Lúcia Ramos Guimarães (1987-1991), com quem teve uma filha: Carolina. Paulo é casado com a artista plástica Hérika Assis Ribeiro desde 1992, com quem teve dois filhos: Lucas e Camila.[3]

Destacou-se como astro infantil. Aos 12 anos estreou como ator, na novela Mulheres de Areia, na TV Tupi, no papel de Tonho da Lua, interpretado por seu pai, quando criança. Depois desse trabalho, fez várias novelas: Como Salvar Meu Casamento (1979), Plumas & Paetês (1980), Sétimo Sentido (1982), Pão Pão, Beijo Beijo (1983), Vereda Tropical (1984), Bebê a Bordo (1988), O Primo Basílio (1988), Rainha da Sucata (1990), Quatro por Quatro (1995), Perdidos de Amor (1996) e dois episódios do programa Você Decide, em 1994 e 2000. No programa Caso Verdade, Paulo apresentou o episódio Meu caso (1984), participou dos episódios Um jardim para Dona Estela (1985) e Amanhã é vida nova (1986).[3] Em 1986, participou do episódio O Sequestro de Lauro Corona do programa Tele Tema.[4] Em 2015, o ator volta à televisão na série Quero Ter Um Milhão de Amigos, exibida pelo canal Warner, contracenando com o filho Francisco Guarnieri.[5]

Em 1977, estreia no cinema, em Parada 88 - O Limite de Alerta. Outros filmes dos quais participou foram Amor Bandido (1979), A Rainha do Rádio (1979), Amor de Perversão (1982), Fêmeas em Fuga (1985) e Johnny Love (1987). Em 2007, retorna ao cinema no filme Feliz Natal, dirigido por Selton Mello.[6] Em 2015, Paulo encenou a peça Irmãos, irmãos… Negócios à parte ao lado do irmão Flávio Guarnieri.[7]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Novelas / (minis)séries / diversos
Ano Título Emissora Papel
2015 Quero Ter Um Milhão de Amigos Canal Warner Cadu
2000 Você Decide Rede Globo
1996 Perdidos de Amor Rede Bandeirantes Valdemar
1995 Quatro por Quatro Rede Globo Átila
1994 Você Decide Rede Globo
1990 Rainha da Sucata Rede Globo Sérgio
1988 O Primo Basílio Rede Globo Fernando
Bebê a Bordo Rede Globo Nicolau
1986 Cambalacho Rede Globo Sacristão (participação especial no primeiro capítulo)
Caso Verdade - episódio: Amanhã é vida nova Rede Globo
Tele Tema - episódio: O Sequestro de Lauro Corona Rede Globo
1985 Caso Verdade - episódio : Um jardim para Dona Estela Rede Globo
1984 Vereda Tropical Rede Globo Francesco
Caso Verdade - episódio : Meu caso Rede Globo
1983 Pão Pão, Beijo Beijo Rede Globo Daniel
1982 Sétimo Sentido Rede Globo Tony Rivoredo
1980 Plumas e Paetês Rede Globo Jorge Luiz
1979 Como salvar meu casamento Rede Tupi Ricardo
1973 Mulheres de Areia Rede Tupi Tonho da Lua (criança)

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
2007 Feliz Natal Theo
2005 Eu sei o que vocês fizeram na primavera passada
1987 Johnny Love Macedinho
1985 Fêmeas em Fuga Sérgio
1982 Amor de Perversão Ronaldo
1979 Amor Bandido Toninho
A Rainha do Rádio Ricardo
1977 Parada 88 - O Limite de Alerta Menino

Obras[editar | editar código-fonte]

Como dramaturgo, escreveu a peça O Mistério de Gioconda em 2004, estrelada por seu irmão Flávio Guarnieri.[8]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]