Piano Man (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Piano Man"
Single de Billy Joel
do álbum Piano Man
Lançamento 2 de Novembro, 1973
Formato(s) Vinil 45 rpm
Gravação Setembro. 17-20 e 26, 1973, Los Angeles
Gênero(s) Soft rock, folk rock
Duração 5:38 (3:05 com algumas edições)
Gravadora(s) Hollywood
Composição Billy Joel
Produção Michael Stewart
Cronologia de singles de Billy Joel
"Worse Comes to Worst"
(1974)

"Piano Man" foi a música de maior sucesso sucesso de Billy Joel e é considerada a música de assinatura do artista. Os versos da música são cantados do ponto de vista de um pianista de bar que foca em todos os outros no bar, John o bartender, a garçonete, e visitantes como Paul e Davy. A maioria das personagens são sonhos não completos, e o trabalho de pianista, ao que parece, é ajudar os outros a esqueçar da vida por um momento. O refrão, vem dos donos do bar que cantam, "Sing us a song. / You're the piano man. / Sing us a song, tonight. / "Well, we're all in the mood for a melody, / and you've got us felling alright." (Cante-nos uma canção. / Você é o pianista. / Cante-nos uma canção esta noite. / Bem, nós estamos dispostos a uma melodia. / E você nos faz sentir bem.)

"Piano Man" foi lançado como single e também em diversos álbuns.

Visão Geral[editar | editar código-fonte]

Inspiração[editar | editar código-fonte]

"Piano Man" é uma letra de ficção com pessoais reais que Joel encontrou durante seus dias como cantor e tocar de piano em Los Angeles, após o fracasso de seu primeiro álbum, Cold Spring Harbor[1]. Os próprios sentimentos de Joel sobre o álbum são expressos em sonhos sem sucesso das personagens na canção. Neste ponto, Joel estava tentando sair de um mau negócio com a gravadora Family Productions, então, de acordo com Joel, ele está "se escondendo" no bar, cantando sob o nome de Bill Martin enquanto a gravadora Columbia tentava tirar ele do negócio.[2]

Lançamentos[editar | editar código-fonte]

Foi primeiramente lançado na segunda faixa do álbum Piano Man e depois lançado em várias coleções de sucessos, incluindo The Essential Billy Joel. Quando foi originalmente lançado como single, os executivos da gravadora acharam muito longa (5 minutos e 38 segundos), então dois versos foram cortados pela metade. Depois, a canção de Billy Joel "The Entertainer" menciona o evento comentando, "It was a beautiful song, but it ran too long. If you're gonna have a hit, you gotta make it fit. So they cut it down to 3:05." ("Era uma linda canção, mas muito longa. Se você vai ter um sucesso, tem que adapta-la. Então eles cortam para 3:05".)

Joel disse em "Inside the Actor's Studio" que cada uma das personagens da canção são baseadas em pessoas reais, e que realmente havia um rapaz chamado Davy que estava na Marinha.

Curiosidade[editar | editar código-fonte]

A letra dessa música tem muito a ver com a estória que contam sobre o começo do sucesso de Nat King Cole:

O Homem tocava piano em um bar em NY. Uma noite um homem bâbado grita "Ei! Cante -- Cante para nós!". O Pianista pegou o microfone e disse "Lamento mas eu não canto!". O homem bêbado insistiu: "Cante!! Cante!!". Então o pianista parou, ficou pensativo por um instante e começou a cantar. Ele tinha tocado piano por anos, nunca cantou antes. Quando ele começou a cantar, a voz forte e bonita dele, silenciou o bar. Todos pararam para ouví-lo. E ele veio a se tornar um dos mais conhecidos cantor da América. O nome dele era Nat King Cole.

Qualquer semelhança é mera coinscidência. Sera?!

Popularidade[editar | editar código-fonte]

A música foi um dos maiores sucessos de Joel. Conquistou a posição 25 da lista Billboard Hot 100. Hoje ainda continua popular, e alcançou em Julho de 2009 o primeiro lugar na iTunes Store. A canção é tão conhecida que durante os concertos, ele normalmente deixa o público cantar o refrão.

Durante a primeira tour Face to Face com Elton John e Joel, publicitários promoveram o evento com a frase "Rocket Man encontra Piano Man".

Em 2004, "Piano Man" obteve a posição #421 lista das das 500 melhores canções de todos os tempos

Paródias[editar | editar código-fonte]

  • Weird Al Yankovic criou uma paródia da canção chamada "Ode To A Super-Hero", sobre o primeiro filme da franquia Homem-Aranha.
  • Em um episódio do The Amanda Show, Amanda Bynes e Drake Bell cantam uma paródia da música em um restaurante.
  • Hamish & Andy também criaram uma paródia usando uma parte da canção, chamada de "Sex Excuses Song".
  • Em um episódio de Robot Chicken, Zac Efron cantou uma paródia da canção, dublando o personagem de Billy Joel

Posição nas paradas[editar | editar código-fonte]

Local (1973) Posição
U.S. Billboard Billboard Hot 100 25
U.S. Billboard Hot Adult Contemporary Tracks 4

Referências

  1. Artigo de Billy Joel no Blender: O guia da sua música e mais (em inglês)
  2. Do livro: "Billy Joel: The Life and Times of An Angry Young Man por Hank Bordowitz (em inglês)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]