An Innocent Man

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
An Innocent Man
Álbum de estúdio de Billy Joel
Lançamento 8 de agosto de 1983
Gravação 1983
Gênero(s) Pop rock, soft rock, doo-wop, blue-eyed soul
Duração 40:25
Formato(s) CD, LP
Gravadora(s) Family Productions
Columbia
Produção Phil Ramone
Cronologia de Billy Joel
Último
The Nylon Curtain
(1982)
Greatest Hits vol. 1 & 2 (1973-1985)
(1985)
Próximo
Singles de An Innocent Man
  1. "Tell Her About It"
    Lançamento: Julho de 1983
  2. "Uptown Girl"
    Lançamento: Setembro de 1983
  3. "An Innocent Man"
    Lançamento: Dezembro de 1983
  4. "The Longest Time"
    Lançamento: Março de 1984
  5. "Leave a Tender Moment Alone"
    Lançamento: Julho de 1984
  6. "Keeping the Faith"
    Lançamento: Setembro de 1984
  7. "This Night"
    Lançamento: Novembro de 1984

An Innocent Man é o nono álbum de estúdio do cantor e compositor estadunidense de pop rock Billy Joel, lançado em 1983.[1] O conceito do álbum é uma homenagem à música popular americana da adolescência de Joel, com Joel prestando homenagem a um número de diferentes estilos musicais americanos populares do final dos anos 1950 e início dos anos 1960, mais notavelmente doo-wop e soul music.[2] O álbum arte da capa foi tirada nos degraus da frente de 142 Mercer Street, ao norte do cruzamento da Mercer e Prince Street no bairro de SoHo, em Nova York.

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

O álbum contou com três singles no Billboard Top 10: "Tell Her About It" (No. 1), "Uptown Girl" (No. 3) e "An Innocent Man" (No. 10). Quatro outros singles foram lançados do álbum: "The Longest Time" (No. 14), "Leave a Tender Moment Alone" (No. 27), "Keeping the Faith" (No. 18) e "This Night" (Lado B de "Leave a Tender Moment Alone" nos Estados Unidos). "Tell Her About It" e "Uptown Girl" foram sucesso internacional - "Uptown Girl" chegou ao número 1 no Reino Unido, Austrália e Nova Zelândia. An Innocent Man permaneceu na parada U.S. Pop durante 111 semanas, tornando-se o álbum de maior sucesso de Joel depois de The Stranger. Por mais de um ano, o álbum permaneceu nas paradas no Reino Unido, Japão e Austrália.

Prêmios e nomeações[editar | editar código-fonte]

Como seus três esforços anteriores, An Innocent Man de Joel recebeu uma nomeação para o Grammy de Álbum do Ano, embora o prêmio tenha ido para Thriller, de Michael Jackson. O álbum também foi nomeado para um Grammy de Melhor Performance Vocal Pop Masculino para "Uptown Girl", mas novamente foi batido por Thriller.

Produção e musicalidade[editar | editar código-fonte]

Em uma entrevista sobre o making of do álbum, Joel fala sobre o fato de que no momento em que ele estava gravando An Innocent Man de Joel, ele havia se divorciado de sua primeira esposa, Elizabeth Weber, e esteve solteiro, pela primeira vez desde que alcançou o status de estrela do rock. Então, ele teve a oportunidade de se envolver com as supermodelos Elle Macpherson e Christie Brinkley, e por estas experiências, ele disse: "Eu me senti como um adolescente de novo."[2] E então ele começou a escrever canções no mesmo estilo de canções pop que se lembrava de sua adolescência, citando a música pop do final dos anos 1950 e início dos anos 1960, incluindo "As primeira canções R&B de grupos como The Four Seasons, e a soul music da gravadora Motown".

Joel explicou: "Quando você vai escrever [cançõespara um novo álbum], você escreve o que você está sentindo. E eu não luta contra isso. O material estava vindo tão facilmente e tão rapidamente, e eu estava me divertindo fazendo isso. Eu estava revivendo a minha juventude. ... Eu acho que dentro de 6 semanas eu tinha escrito a maior parte do material no álbum ". Joel também disse que ele ficou agradavelmente surpresos com com seu sucesso nos anos 1980 com canções retro como a maior parte de canções doo wop a cappella como "The Longest Time".[2]


Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as canções de Billy Joel, exceto para o refrão de "This Night", que é creditado a Ludwig van Beethoven.

N.º Título Duração
1. "Easy Money" (Homenagem a James Brown e Wilson Pickett[2]) 4:04
2. "An Innocent Man" (Homenagem a Ben E. King e The Drifters) 5:17
3. "The Longest Time" (Homenagem a grupos de doo-wop como The Tymes) 3:42
4. "This Night" (Homenagem a Little Anthony and the Imperials; também para a Sonata Patética de Ludwig van Beethoven) 4:19
5. "Tell Her About It" (Homemagem a grupos da Motown como The Supremes e The Temptations) 3:52
6. "Uptown Girl" (Homenagem a Frankie Valli e The Four Seasons[2]) 3:17
7. "Careless Talk" (Homenagem a Sam Cooke) 3:48
8. "Christie Lee" (Homenagem a Little Richard e Jerry Lee Lewis) 3:31
9. "Leave a Tender Moment Alone" (Homenagem a Smokey Robinson) 3:56
10. "Keeping the Faith" (Homenagem a Pré-Invasão Britânica) 4:41

Notas e referências

  1. «Review Album». almusic (em inglês) Rovi Corporation [S.l.] Consultado em 12/10/2010. 
  2. a b c d e Billy Joel Website Interview