Pierre Henry

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pierre Henry
Nome nativo Pierre Henry
Nascimento 9 de dezembro de 1927
Paris
Morte 5 de julho de 2017 (89 anos)
Paris
Cidadania França
Alma mater Conservatório Nacional Superior de Música e Dança de Paris
Ocupação compositor, compositor de bandas sonoras, produtor musical
Prêmios Oficial da Legião de Honra, Oficial da Ordem Nacional do Mérito
Movimento estético música clássica
Causa da morte sepse
Em 2008

Pierre Henry (Paris, 9 de dezembro de 1927  – Paris, 5 de julho de 2017[1]) foi um compositor francês, pioneiro da música eletroacústica.[2]

Entre 1949 e 1958, trabalhou no estúdio Club d'Essai da RTF, criado por Pierre Schaeffer. Durante este período, escreveu a peça Symphonie pour un homme seul (1950), em cooperação com Schaeffer; também compôs a primeira música concreta a aparecer em um filme comercial, Astrologie ou le miroir de la vie (1952). Henry também compôs para vários filmes e balés.

Sua obra mais conhecida é o álbum experimental Messe pour le temps présent (1967), em cooperação com o coreógrafo Maurice Béjart. Uma das músicas deste álbum, "Psyché Rock", inspirou o tema do desenho animado Futurama, [3] dando a entender que, para seu criador Matt Groening, a música eletroacústica seria a música do futuro.

Referências

  1. France Presse. «Pierre Henry, pioneiro da música eletroacústica e 'avô do Techno', morre aos 89 anos». G1. Consultado em 6 de julho de 2017. 
  2. «Pierre Henry» (em francês). brahms.ircam.fr. Consultado em 6 de julho de 2017. 
  3. Hodgkinson, Will (15 de outubro de 2006). «Soundtrack of my life: Pierre Henry» (em inglês). The Guardian. Consultado em 6 de julho de 2017. 


Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.