Pindaré-Mirim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde fevereiro de 2017).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Município de Pindaré-Mirim
Bandeira indisponível
Brasão de Pindaré-Mirim
Bandeira indisponível Brasão
Hino
Aniversário 28 de julho
Fundação 28 de julho de 1923 (96 anos)
Gentílico pindareense
Prefeito(a) Henrique Caldeira Salgado (PCdoB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Pindaré-Mirim
Localização de Pindaré-Mirim no Maranhão
Pindaré-Mirim está localizado em: Brasil
Pindaré-Mirim
Localização de Pindaré-Mirim no Brasil
03° 36' 28" S 45° 20' 34" O03° 36' 28" S 45° 20' 34" O
Unidade federativa Maranhão
Mesorregião Oeste Maranhense IBGE/2008 [1]
Microrregião Pindaré IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Bom Jardim, Santa Inês, Monção e Tufilândia.
Distância até a capital 255 km
Características geográficas
Área 273,526 km² [2]
População 32 348 hab. IBGE/2016[3]
Densidade 118,26 hab./km²
Altitude 22 m
Clima tropical TRO
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,633 médio PNUD/2000
PIB R$ 166 121,768 mil IBGE/2008[4]
PIB per capita R$ 5 211,01 IBGE/2008[4]

Pindaré-Mirim é um município brasileiro do estado do Maranhão. Sua população é de 32.348 habitantes (estimativa IBGE/2016).

Turismo[editar | editar código-fonte]

Culinária[editar | editar código-fonte]

O município é também conhecido, além de sua riquíssima cultura, como terra da tapiaca e do mandubé. A tapiaca é uma espécie de peixe (também conhecida como branquinha/lambau). O mandubé e o surubim fazem parte dos pratos mais apreciados pelos moradores que têm, no Rio Pindaré, uma grande variedade de peixes. Variedade essa, que torna a cidade convidativa gastronomicamente aos turistas.

Os pratos mais apreciados são:

  • Arroz de Cuxá com tapiaca frita;
  • Escabeche com arroz branco;
  • Cozidão de surubim com o famoso pirão de farinha branca;
  • Traíra (peixe da região) assada com pirão de juçara (açaí) com puaca (farinha de mandioca).

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Pindaré-Mirim é interligada pela MA-320 a Santa Inês.As BR 222 e 316 passam pelos seus povoados à sul e oeste, respectivamente.A BR222 liga o município de Pindaré Mirim ao município de Santa Luzia, e a BR 316 liga o município de Pindaré Mirim ao município de Bom Jardim.

Principais bairros[editar | editar código-fonte]

Comumente chamada apenas de "Pindaré", a cidade é composta por alguns bairros, tais como:

  • Alto do bode
  • Sorriso
  • Palmeira
  • Centro
  • Formosa
  • Roseana Sarney (Vila Roseana)
  • Vila Mariana
  • Santos Dumont
  • Aline Salgado
  • Campo Agrícola
  • Nova Brasília
  • Pitombeira
  • Palmoura
  • Novo Tempo
  • Cibrazém
  • Nova Cibrazém

Rede hospitalar[editar | editar código-fonte]

O município possui uma unidade hospitalar e várias unidades básicas.

Ensino[editar | editar código-fonte]

O município conta com uma unidade de ensino médio técnico em tempo integral do Instituto Estadual do Maranhão (IEMA).

Transporte público[editar | editar código-fonte]

Os municípios de Santa Inês e Pindaré são beneficiadas pelo Sistema Integrado de Transporte (SIT), com sede em Santa Inês. Possui uma frota de 10 ônibus urbanos que circulam nos 2 municípios e na ligação entre eles. Diariamente centenas de pessoas utilizam essa forma de transporte público para se deslocarem de um município a outro. Também existe uma cooperativa de táxi sediada em Pindaré, que circula no trajeto entre os dois municípios.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2016». Censo Populacional 2016. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2016. Consultado em 1 de julho de 2016 [ligação inativa]
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Maranhão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.