Registro do Sistema

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde janeiro de 2018).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

O Registro do Windows (regedit.exe) é um banco de dados do Microsoft Windows. Ele concentra todas as configurações do sistema e aos aplicativos executados nele de modo a tornar sua administração mais fácil. Todas as configurações alteráveis no Painel de Controle, associações das extensões de arquivos e configuração de hardware são armazenadas nesse banco de dados.[1]

Ele surgiu para unir em um único local todos os arquivos INI, utilizados para armazenar as configurações de cada programa como acontecia no Windows 3.11 e anteriores. Como ficavam espalhados pelos diretórios no disco, eram de difícil administração.[2][3]

Há estruturas semelhantes em outros sistemas operacionais. No Linux e outros sistemas da família Unix, existe no sistema de arquivos o diretório /etc/ que concentra boa parte dos arquivos de configuração utilizados pelo sistema operacional e suas ferramentas. As configurações de cada usuário são restritas ao seu próprio subdiretório a partir de /home/, via de regra, em arquivos individuais ou diretórios ocultos pela convenção POSIX de iniciar seus nomes com um ponto. As configurações de sistema e usuários são completamente separadas e complementares. Podem ser copiadas e transferidas sem as dificuldades inerentes ao Registro, o que facilita cópias de back-up incremental.

O Registro do Sistema, assim como outros consoles de gestão do Windows (secpol, gpedit.msc, msconfig) não tem acesso pelo Menu Iniciar, Todos os Programas. Para carregá-lo é necessário digitar "regedit" na opção "Executar" do Menu Iniciar.

O Registro de Sistema se encontra na opção "Executar" do Menus Iniciar. É necessário digitar "regedit" para carregá-lo. O Registro de Sistema, assim como outros consoles de gestão do Windows (secpol, gpedit.msc, msconfing) não tem acesso pelo Menu Iniciar

Algumas críticas são feitas ao conceito de registro do sistema no Windows. A primeira delas é que pequenas falhas no registro podem tornar todo o sistema inoperante, situação que pode ser sanada com ações de reparação e/ou recuperação tanto através do utilitário System File Checker quanto ademais ações de recuperação do Regedit recomendados pela Microsoft através dos Bases de Conhecimento (Knowledge Base), artigos de suporte (exemplo o artigo 971187 ou 927525) ou o fórum de discussão disponibilizado pelo https://answers.microsoft.com (como por exemplo o fórum COMO POSSO RECUPERAR O REGEDIT?). Reparos no registro são tarefas difíceis para um usuário-final.

Outra crítica é que aplicativos sem programa de remoção, ou com programas de remoção incompletos podem deixar informações no registro mesmo depois da remoção. Isto faz o volume de dados dentro do registro cresça sem controle e acabe comprometendo o desempenho e até mesmo a estabilidade do sistema.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.