República Popular da Ucrânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Українська Народня Республіка
(Ukrayins’ka Narodnia Respublika)

República Popular da Ucrânia

República

Flag of Russia.svg
 
Flag of Austria-Hungary 1869-1918.svg
1917 – 1921 Flag of the Ukrainian Soviet Socialist Republic.svg
 
Flag of Poland corrected.svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Hino nacional
Ще не вмерла України  (ucraniano)
transliteração: Shche ne vmerla Ukraini
("A glória da Ucrânia não pereceu")


Localização de Ucrânia
Território da Ucrânia em 1919
Continente Europa
Região Leste Europeu
Capital Kiev
50° 27' N 30° 30' E
Língua oficial Ucraniano
Iídiche
Russo
Religião Igreja Ortodoxa ~85%
Judaísmo ~9%
Igreja Católica ~4%
Governo República parlamentarista
Presidente
 • 1918 Mykhailo Hrushevsky
 • 1918 - 1919 Volodymyr Vynnychenko
 • 1919 - 1925 Symon Petliura
Período histórico Primeira Guerra Mundial
 • 17 de março de 1917 Estabelecimento
 • 22 de janeiro de 1918 Independência
 • Abril de 1918 Hetmanato
 • Novembro de 1918 Diretorado
 • 22 de janeiro de 1919 Ato Zluky
 • fevereiro de 1921 Invasão soviética
Área
 • 1897 477 021 km2
População
 • 1897 est. 23 430 407 
     Dens. pop. 49,1 hab./km²
Moeda Carbovanets
Grívnia

A República Popular da Ucrânia (em ucraniano: Українська Народна Республіка, transl. Ukrayins’ka Narodna Respublika), chamada também de República Nacional Ucraniana (abreviada como RNU, em cirílico УНР) para distingui-la das repúblicas populares comunistas) foi uma república, predecessora da moderna república da Ucrânia, e situada em parte do mesmo território atual, após a Revolução Russa, chefiada por Symon Petliura. Foi declarada a 10 de junho de 1917, inicialmente como parte da República Russa, mas proclamou sua independência em 25 de janeiro de 1918[1].

Durante a Guerra de Independência da Ucrânia a República começou a lutar contra o Movimento Branco que queria reanexar o território à Rússia. Em 1918 a sua independência foi conseguida devido ao Tratado de Brest-Litovski. Inspirados pela Revolução Russa, um grupo de Bolcheviques formaram seu próprio governo, que enventualmente ficou conhecida como a República Socialista Soviética da Ucrânia, apoiado pelo Partido Bolchevique da Rússia Soviética, que logo entrou em confronte com a República Popular. Em 29 de abril 1918 o governo de inclinação socialista foi derrubado pelo Hetman Pavlo Skoropadskyi, que apoiado pelos grandes produtores de terra formou um governo anti-socialista conhecido como o Estado Ucraniano. Seu governo foi derrubado em 14 de dezembro de 1918 e foi formado o Diretorado. Para conter o avanço da Ucrânia Soviética, a Ucrânia formou uma aliança com a Segunda República Polonesa (na época em guerra com os soviéticos) mas não foi suficiente e a República Popular da Ucrânia eventualmente foi derrubado. A República Socialista Soviética da Ucrânia tomou a maior parte de território ucraniano (com partes indo para a Polônia, Romênia e Checoslováquia), e em 1921 a Ucrânia junto as repúblicas socialistas soviéticas da Rússia, Bielorrussia e Transcaucásia começou a fazer parte da nova União Soviética.[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Yekelchyk, Serhy (2007). Ukraine: Birth of a Modern Nation. [S.l.]: Oxford University Press. ISBN 978-0-19-530546-3 
Ícone de esboço Este artigo sobre a Ucrânia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.