Revolta do Ano da Fumaça

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Revolta do Ano da Fumaça, nome curioso que se deve à espessa neblina que tomou conta da região por causa do frio intenso, começou em 22 de março de 1833. Nesse dia, os restauradores, aproveitando-se da ausência do presidente da província, Manuel Inácio de Melo e Sousa, partidário do governo regencial, marcharam sobre Ouro Preto e assumiram o poder na então capital mineira[1].

O governo da Província foi provisoriamente instalado na Vila de São João del-Rei ter sido a capital da Província de Minas Gerais de 5 de abril a 22 de maio de 1833. Em virtude disso foi construído no ano de 1834 no Largo do Rocio (hoje Largo Tamandaré) o Chafariz da Legalidade, cujo nome popular foi Chafariz dos Arcos[2].

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • SILVA, Wlamir. Liberais e povo: a construção da hegemonia liberal-moderada na Província de Minas Gerais (1830-1834). São Paulo: Hucitec, 2009, 352 p.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.