Rio Ave

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
este : artigo cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde julho de 2011). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rio Ave
Vila do Conde.JPG

Vista do rio Ave em Vila do Conde

Localização
País
Coordenadas
Dimensões
Comprimento
85 km
Hidrografia
Tipo
Área da bacia
1390 km²
Nascente
Altitude da nascente
1200 m
Delta
N/D
Afluentes
principais
Foz
Atlântico, Vila do Conde

O Ave é um rio português, que nasce na serra da Cabreira, concelho de Vieira do Minho, a cerca de 1200 m de altitude. Percorre cerca de 85 km até desaguar no oceano Atlântico, a sul de Vila do Conde. A sua bacia hidrográfica tem uma área aproximada de 1390 km², abrangendo 15 municípios. O rio banha sucessivamente os concelhos de Vieira do Minho, Póvoa de Lanhoso, Guimarães, Vila Nova de Famalicão, Santo Tirso, Trofa e Vila do Conde.

Os seus afluentes mais importantes são o rio Este (margem direita) e o rio Vizela (margem esquerda), destacando-se ainda os rios Pele e Pelhe.

Toponímia[editar | editar código-fonte]

Segundo João de Barros,

Ave - Rio __ três léguas do Porto, mete-se no mar em Vila do Conde. Chamava-se Avis, e Avon segundo Plínio.[1]

Num estudo linguístico o hidrónimo Ave tem origem no celta *Abonam com o significado de "água, rio".[2]

Poluição[editar | editar código-fonte]

Encontra-se bastante poluído, devido aos efluentes industriais e domésticos que desde há décadas contribuem para que, na prática, se tenha tornado um rio morto, apesar de ainda ter vida fluvial.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Rio Ave

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Barros, João de (1549). «II». Libro das antiguidades e cousas notaueis de antre Douro e Minho, e de outras muitas de España e Portugal. [S.l.: s.n.] 
  2. Higino Martins Esteves. «As tribos calaicas» (PDF). Proto-história da Galiza á luz dados linguisticos. Consultado em 18 de julho de 2018. 
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.