Rio Tigre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Rio Tigre (desambiguação).
Rio Tigre
Mapa da bacia do rio Tigre e rio Eufrates
Comprimento 1900 km km
Nascente Montes Tauro
Foz Shatt al-Arab
País(es) da
bacia hidrográfica
 Turquia
 Iraque
 Síria
 Irão
O rio Tigre perto de Mossul

O rio Tigre ou Tígris[1] (em árabe دجلة, Dijla, em turco: Dicle; na Bíblia Hiddekil) é o mais oriental dos dois grandes cursos de água que delineiam a Mesopotâmia, junto com o Eufrates, que corre desde as montanhas de Anatólia através do Iraque. De fato, o nome "Mesopotâmia" significa terra entre os rios.

O Tigre tem 1 900 km de extensão. Nasce nos montes Tauro da Turquia oriental e corre geralmente para sudeste até unir-se ao rio Eufrates, próximo a Al Qurna no sul do Iraque. Os dois rios formam o canal de Shatt al-Arab, que desemboca no golfo Pérsico. Neste rio desembocam muitos afluentes, como o Diyala e o Zab.

Bagdá, a capital iraquiana, situa-se na margem oeste do Tigre, enquanto que a cidade portuária de Baçorá localiza-se junto ao rio Shatt al-Arab. Na antiguidade, muitas das grandes cidade da Mesopotâmia situavam-se junto a algum desses dois rios, ou pelo menos próximas a eles, aproveitando suas águas para irrigar a civilização suméria. Entre as cidades mais importantes do Tigre encontravam-se Nínive, Ctesifonte e Selêucia, enquanto que a cidade de Lagash estava irrigada pela água do Tigre através de um canal construído em 2 400 a.C. Tikrit também se encontra junto ao rio, tanto que seu nome está baseado no do próprio rio.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  1. Tá Na Bíblia - Bíblia Online - Texto registrado em Gênesis