Robert Whytt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Robert Whytt
Nascimento 6 de setembro de 1714
Edimburgo
Morte 15 de abril de 1766 (51 anos)
Edimburgo
Sepultamento Greyfriars Kirkyard
Cidadania Reino da Grã-Bretanha
Alma mater Universidade de Edimburgo, Universidade de St Andrews
Ocupação médico, professor universitário
Prêmios membro da Royal Society
Empregador Universidade de Edimburgo

Robert Whytt (Edimburgo, 6 de setembro de 1714 – Edimburgo, 15 de abril de 1766) foi um médico escocês.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ele foi o médico do rei Jorge III do Reino Unido a partir de 1761. Em 1763, tornou-se presidente do Royal College of Physicians of Edinburgh. O seu trabalho incidiu principalmente sobre as doenças do sistema nervoso.Robert Whytt, redescobriu e expandiu experimentalmente o principio do estímulo, de Descartes. Pela observação da contração sistemática da pupila à luz, salivação a irritantes e vários outros reflexos, Whytt foi capaz de estabelecer uma relação necessária entre dois eventos separados: um estímulo externo (por exemplo, a luz), e uma resposta corporal (por exemplo, a contração da pupila). (FONTE: Principios de Analise do Comportamento, J.R Millenson, cap.1- Um background para a abordagem cientifica ao comportamento).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]