Robinson Alessandro Dvoranen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bob Dvoranen
Voleibol
Nome completo Robinson Alessandro Dvoranen
Apelido Bob
Modalidade Voleibol indoor
Nascimento 23 de dezembro de 1983 (35 anos)
Maringá, PR
Nacionalidade brasileira
Compleição Peso: 90 kg Altura: 2,01 m
Clube Brasil Minas TC
Medalhas
Competidor do  Brasil
Competidor de Sada Cruzeiro
Campeonato Sul-Americano de Clubes
Bronze Florianópolis 2009 Equipe

Robinson Alessandro Dvoranen (Maringá, 23 de dezembro de 1983) é um voleibolista indoor brasileiro, atuante na posição de ponteiro , com marca de alcance de 340 cm no ataque e 330 cm no bloqueio, que conquistou a medalha de bronze na edição do Campeonato Sul-Americano de Clubes de 2009 no Brasil e semifinalista na edição do ano de 2017 também no referido país. Em clubes disputou a edição da Liga dos Campeões da Europa de 2013.

Carreira[editar | editar código-fonte]

O início de sua carreira deu-se em Maringá[1], depois competiu pela Marialva Vôlei[2]e em 2001 foi convocado para compor o elenco infantojuvenil da Seleção Brasileira em preparação para a edição do Campeonato Mundial desta categoria, edição que foi realizada em Cairo, Egito[3].

Foi atleta do Wizard/Suzano na jornada 2002-03, conquistando em 2002 o título dos 66º Jogos Abertos do Interior, disputados em Franca[4]e o vice-campeonato neste mesmo ano nos Jogos Regionais[5]; competindo na edição do Campeonato Paulista de 2002[6],conquistando o título[7]e disputou sua primeira edição da Superliga Brasileira A 2002-03, não registrando nenhum ponto[8]e finalizando com o bronze[9].

Em 2003 foi novamente convocado para Seleção Brasileira, desta vez em preparação para o Campeonato Mundial Juvenil deste ano, cujo técnico era Antônio Marcos Lerbach[10][11]mas não esteve no grupo de atletas que disputaram referido mundial que ocorreu em Teerã,Irã[12].

Renovou com o Wizard/Suzano e disputou as competições do período esportivo 2003-04, alcançando o bicampeonato nos Jogos Abertos do Interior de São Paulo e o título dos Jogos Regionais em 2003, e disputou o Campeonato Paulista deste ano[13]obtendo o vice-campeonat[14] e o quarto posto na posição na edição da Superliga Brasileira A 2003-04[15], marcando sete pontos, sendo seis pontos de ataques e um de bloqueios[8].

Em 2004 representou a Seleção Paulista na edição do Campeonato Brasileiro de Seleções Estaduais, divisão especial, na categoria juvenil, realizado em Saquarema [16], ocasião que conquistou o título[17].

Na temporada seguinte transferiu-se para o Lupo Náutico[8], disputou os 68ª edição dos Jogos Abertos do Interior de 2004, em Barretos[18], também no mesmo ano a edição do Campeonato Paulista[19]alcançando o quarto lugar[20], e alcançou a oitava colocação na Superliga Brasileira A 2004-05[21], marcando 301 pontos, sendo 273 pontos de ataques, 25 de bloqueios e três de saques[8].

Nas competições do período esportivo de 2005-06 foi contratado pela Unisul/Nexxera[8]conquistando o título do Campeonato Catarinense de 2005[22][23];também foi vice-campeão do Campeonato Paulista de 2005, quando por este clube representou o GR Barueri no referido certame, com a alcunha Unisul/Barueri[24][25], e ainda por esta fusão conquistou o título da Copa São Paulo de 2005[26] e disputou a Superliga Brasileira A 2005-06[27] e conquistou o bronze nesta edição[28].

Na sequência de sua carreira, transferiu-se para a Ulbra/Uptime e conquistou o título da Copa Samsung e do Campeonato Gaúcho, ambas em 2006 e antes conquistou o título da Copa Brasil Sul no mesmo ano[29], já disputando a Superliga Brasileira A 2006-07[30] conquistou o bronze[31].

Renovou com a Ulbra/Suzano/Uptime para a jornada 2007-08, sob o comando do técnico Percy Oncken, participando da conquista do título do Campeonato Paulista de 2007[32], como também os títulos do Campeonato Gaúcho, dos Jogos Abertos do Interior de São Paulo e dos Jogos Regionais de São Paulo, todos no mesmo ano[33]; também disputou por este clube a edição da Superliga Brasileira A 2007-08[34], e mais uma vez encerrou com o bronze[35] e foi o décimo melhor atacante da edição[36].

No período esportivo de 2008-09 permanece na Ulbra/Suzano/Massageol, obteve o título do Campeonato Paulista de 2008[37] e também o título do Campeonato Gaúcho de 2008, edição finalizada em 2009, além dos títulos dos Jogos Abertos do Interior em Piracicaba e dos Jogos Regionais em Caraguatatuba[38];disputou a edição da Superliga Brasileira A 2008-09[39]finalizando na sétima posição da Superliga Brasileira A 2008-09[40][41], sendo o segundo melhor atacante e oitavo entre os melhores sacadores[42].

O Sada Cruzeiro o contratou para as disputadas de 2009-10 [43][17] e disputou a edição do Campeonato Sul-Americano de Clubes de 2009 realizado em Florianópolis, no Brasil [44]e conquistou a medalha de bronze[45][46], também conquistou neste ano o vice-campeonato no torneio Desafio Globo Minas[47].

Ainda em 2009 obteve pelo Sada Cruzeiro o título da Copa Santa Catarina de forma invicta[48], o bronze no Campeonato Mineiro de 2009[49] e disputou a Superliga Brasileira A 2009-10[50] conquistou a terceira colocação[51], sendo o oitavo colocado entre os melhores receptores da edição[52].

Pela primeira vez passou a jogar no voleibol italiano, quando foi contratado pelo BCC-NEP Castellana Grotte na temporada 2010-11[53]e finalizou na décima terceira posição na correspondente Liga A1 Italiana[54].

Repatriado pelo Vôlei Futuro na jornada seguinte e pelo Campeonato Paulista de 2011 conquistou o terceiro lugar[55], mas foi campeão dos Jogos Abertos do Interior de 2011 em Mogi das Cruzes[56] e foi vice-campeão da edição 2011-12 da Superliga Brasileira A[57][58], registrando 165 pontos, 135 pontos de ataques, 22 de bloqueios e 8 de saques[59].

Nas disputas de 2012-13 foi atuar pelo clube romeno do Remat Zalau [60][61]conquistando o bronze na Liga A Romena (Divizia) correspondente[62]; anda disputou por este time a edição da Liga dos Campeões da Europa de 2013, disputando apenas a primeira fase, de ligas[63], finalizando na vigésima segunda posição[64]. Em 2013 atuou pelo time indonésio do Jakarta Pertamina Energie disputou a Liga A Indonésia (Proliga) correspondente[65]e conquistou o bronze nesta edição[66].

Contratado pela equipe mineira do Montes Claros Vôlei para a temporada 2013-14[67], em 2013 sagrou-se campeão da Supercopa Banco do Brasil e na sequência obteve o título inédito da Superliga Brasileira B de 2013, obtendo a promoção a Superliga Brasileira A 2013-14[67]; na Superliga Brasileira A 2013-14 a equipe não fez uma boa campanha, finalizando na décima segunda posição, ou seja, em último lugar[68].

Em 2014 reforçou a equipe do Shahrdari Tabriz e disputou a Liga A Iraniana 2013-14 e alcançou o sétimo lugar na edição[69]este foi mais um dos clubes que Bob citou em entrevista que ao longo de sua carreira onde houve atrasos de salários e descumprimento de valores acordados [70].

E na temporada de 2014-15 representou o São José Vôlei [1][71]foi semifinalista no Campeonato Paulista de 2014 e terminou na vice lanterna da correspondente Superliga Brasileira A[72].

Retornou ao Montes Claros Vôlei na jornada esportiva de 2015-16[73]conquistando o bronze no Campeonato Mineiro de 2015[74]e atuando na Superliga Brasileira A 2015-16[75]e encerrou na quinta posição[76]e registrou 322 pontos, destes foram: 286 de ataques, 28 de bloqueios e 8 de saques[77].

Renovou com o Montes Claros Vôlei para a temporada 2016-17[78], novamente ficou com o bronze na edição do Campeonato Mineiro de 2016 e novamente termina na quinta colocação na Superliga Brasileira A 2016-17 e recebeu o premo de melhor recepção/passe da competição[79].

Em 2017 disputou através do Montes Claros Vôlei, representante da cidade-sede [80] [81], a edição do Campeonato Sul-Americano de Clubes realizado na cidade de Montes Claros, alcançando as semifinais e finalizando na quarta posição[82].

Na temporada de 2017-18 defendeu as cores do Minas Tênis Clube[83] e conquistou o vice-campeonato na edição do Campeonato Mineiro de 2017[84] e finalizou novamente em quinto lugar na Superliga Brasileira a 2017-18, após eliminação nas quartas de final[85].

Títulos e resultados[editar | editar código-fonte]

Premiações individuais[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «São José Vôlei anuncia ponteiro Bob para inédita disputa da Superliga». Melhor do Vôlei (em portugues). 3 de outubro de 2014. Consultado em 9 de abril de 2018. Cópia arquivada em 9 de abril de 2018 
  2. Luiz de Carvalho (8 de julho de 2011). «Marialva homenageia seus filhos que se destacam no esporte». O diário.com (em portugues). Consultado em 7 de abril de 2018. Cópia arquivada em 8 de abril de 2018 
  3. «SELEÇÃO MASCULINA-SELEÇÃO BRASILEIRA INFANTO-JUVENIL É CONVOCADA PARA O MUNDIAL DO EGITO». Photo&Grafia.com (em portugues). 29 de março de 2001. Consultado em 7 de abril de 2018 
  4. a b «Notícias-SUPERLIGA MASCULINA DE VÔLEI 02/03-PERFIL DAS EQUIPES PARTICIPANTES- WIZARD/SUZANO (SP)». Photo&Grafia.com (em portugues). 2002. Consultado em 7 de abril de 2018. Cópia arquivada em 7 de abril de 2018 
  5. a b «Mogi e Suzano fazem a final do vôlei nos Jogos Abertos». GloboEsporte.com. 26 de setembro de 2002. Consultado em 7 de abril de 2018. Cópia arquivada em 7 de abril de 2018 
  6. «Divisão Especial 2002- Vôlei São Paulo 2002- Elenco – Wizard/ Suzano». FPV. 2018. Consultado em 7 de abril de 2018 
  7. a b «Suzano é campeão paulista de vôlei». O Estadão. 9 de novembro de 2002. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 8 de abril de 2018 
  8. a b c d e «Ficha do Atleta – 11 – Robinson -Equipe: UNISUL/NEXXERA». CBV (em portugues). Consultado em 7 de abril de 2018. Cópia arquivada em 7 de abril de 2018 
  9. a b «TROCO DO BCN/OSASCO – 02/03-Selecionar: Classificação Geral-2002/2003-IX Superliga-Masculino». CBV (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018. Arquivado do original em 25 de dezembro de 2017 
  10. «SELEÇÃO BRASILEIRA JUVENIL MASCULINA É CONVOCADA». CBV (em portugues). 5 de maio de 2003. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 29 de setembro de 2014 
  11. «Macaé recebe seleções de vôlei em preparação para mundial». CBV (em portugues). 28 de julho de 2003. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2003 
  12. «FIVB VolleyballMen's Junior World Championship –Iran 2003-BRA/Brazil-Team Composition». FIVB (em ingles). Consultado em 8 de abril de 2018 
  13. «Divisão Especial 2003- Vôlei São Paulo 2003- Elenco – Wizard/ Suzano». FPV. 2018. Consultado em 7 de abril de 2018 
  14. a b «ULBRA BATE SUZANO E É CAMPEÃ PAULISTA». FPV (em portugues). 5 de novembro de 2003. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 8 de abril de 2018 
  15. a b «UNISUL DÁ O TROCO – 03/04-Selecionar: Classificação Geral-2003/2004 - X Superliga-Masculino». CBV (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018. Arquivado do original em 25 de dezembro de 2017 
  16. «ANO 2004-CBS JUVENIL-DIVISÃO ESPECIAL-Saquarema/RJ-De: 11 a 15.11.2004». CBV (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 8 de abril de 2018 
  17. a b c «Cruzeiro contrata o ponteiro Bob para a disputa da Superliga de vôlei». GloboEsporte.com (em portugues). 21 de julho de 2009. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 8 de abril de 2018 
  18. «BANESPA/MASTERCARD GANHA DO NÁUTICO/ARARAQUARA NOS ABERTOS». FPV. 18 de setembro de 2004. Consultado em 8 de abril de 2018 
  19. «Divisão Especial 2004- Vôlei São Paulo 2004- Elenco – Lupo/Náutico». FPV. 2018. Consultado em 8 de abril de 2018 
  20. a b «WIZARD/SUZANO VENCE ULBRA/SÃO PAULO E TERMINA EM 2º LUGAR». FPV. 27 de setembro de 2004. Consultado em 8 de abril de 2018 
  21. «DESPEDIDA DE NALBERT – 04/05 -Selecionar: Classificação Geral-2004/2005 - XI Superliga-Masculino». CBV (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018. Arquivado do original em 25 de dezembro de 2017 
  22. «Campeonatos-Estadual Adulto Masculino/2005 Etapa Final». FCV (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018. Arquivado do original em 13 de maio de 2016 
  23. a b «Unisul conquista o sexto título seguido no Campeonato Catarinense». UOL Esportes. 15 de outubro de 2005. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 8 de abril de 2018 
  24. «UNISUL/NEXXERA/BARUERI PRONTA PARA O PAULISTA 2005». FPV. 8 de agosto de 2005. Consultado em 8 de abril de 2018 
  25. a b «PINHEIROS/TELEMIG CONQUISTA O INÉDITO TÍTULO PAULISTA». FPV (em portugues). 26 de novembro de 2005. Consultado em 8 de abril de 2018 
  26. a b «UNISUL/BARUERI CONQUISTA O TÍTULO DA COPA SÃO PAULO 2005». FPV. 10 de julho de 2005. Consultado em 8 de abril de 2018 
  27. «Superliga 2005/2006-Escalação da Equipe-UNISUL/NEXXERA». CBV (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018 [ligação inativa]
  28. a b «O ADEUS DE VENTURINI – 05/06-Selecionar: Classificação Geral-2005/2006 - XII Superliga-Masculino». CBV (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018. Arquivado do original em 25 de dezembro de 2017 
  29. a b c d «ULBRA/UPTIME é campeã gaúcha de Vôlei». Portal Região dos Vales (em portugues). 1 de novembro de 2006. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 4 de março de 2016 
  30. «Superliga 2006/2007- Equipes- ULBRA/UPTIME». CBV (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018 [ligação inativa]
  31. a b «OS PRIMEIROS TETRACAMPEÕES – 06/07-Selecionar: Classificação Geral-2006/2007 – XIII Superliga-Masculino». CBV (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018. Arquivado do original em 25 de dezembro de 2017 
  32. a b «Ulbra/Suzano conquista o título do Paulista 2007». FPV. 18 de novembro de 2007. Consultado em 8 de abril de 2018 
  33. a b c d «Ulbra/Suzano e Telemig/Minas decidem segundo torneio». FPV. 25 de janeiro de 2008. Consultado em 8 de abril de 2018 
  34. «Superliga Masculina 2007-2008-Elenco ULBRA/SUZANO/UPTIME». CBV. Consultado em 8 de abril de 2018. Arquivado do original em 5 de maio de 2016 
  35. a b «REXONA-ADES É PENTA E CIMED, BI – 07/08-Selecionar: Classificação Geral-2007/2008 – XIV Superliga-Masculino». CBV. Consultado em 8 de abril de 2018. Arquivado do original em 25 de dezembro de 2017 
  36. a b «Superliga 2007/2008 – Ranqueamento de atletas- Ataque» (PDF). CBV. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada (PDF) em 8 de abril de 2018 
  37. a b «Ulbra/Suzano/Massageol é bicampeã paulista». FPV (em portugues). 19 de outubro de 2008. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 13 de março de 2018 
  38. a b c d «Ulbra leva Gaúcho de vôlei de 2008 e consegue 11º estadual». Diário de Canoas (em portugues). 2 de março de 2009. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 13 de março de 2018 
  39. «Superliga 2008/2009- Ficha Completa - Escalação Superliga Masculina- Ulbra Suzano Massageol». CBV (em portugues). 2009. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 12 de março de 2018 
  40. «VOLEIBOL-Resultados/Classificação-SUPERLIGA MASCULINA 2008/2009» (PDF). CBV (em portugues). 28 de março de 2009. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada (PDF) em 13 de março de 2018 
  41. «15 ANOS DE SUPERLIGA – 08/09-Selecionar: Classificação Geral-2008/2009 – XV Superliga-Masculino». CBV (em portugues). 2012. Consultado em 8 de abril de 2018. Arquivado do original em 25 de dezembro de 2017 
  42. a b c «Superliga 2008/2009 – Ranqueamento de atletas- Ataque» (PDF). CBV. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada (PDF) em 8 de abril de 2018 
  43. «EQUIPE CELESTE CONTRATA O PONTEIRO BOB, EX-ULBRA». Sada Cruzeiro Vôlei. 20 de julho de 2009. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 8 de abril de 2018 
  44. «Brasil Vôlei Clube/SBC fica com o vice do Sul-Americano». FPV (em portugues). 12 de outubro de 2009. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 8 de abril de 2018 
  45. «SADA CRUZEIRO BATE VIVO-MINAS E CONQUISTA O BRONZE DO SUL-AMERICANO». Sada Cruzeiro Vôlei. 11 de outubro de 2009. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 8 de abril de 2018 
  46. «SADA CRUZEIRO X VIVO-MINAS-VEJA COMO FOI A PARTIDA». Sada Cruzeiro Vôlei. 11 de outubro de 2009. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 8 de abril de 2018 
  47. a b «SADA CRUZEIRO É VICE-CAMPEÃO DO DESAFIO GLOBO MINAS». Sada Cruzeiro Vôlei. 3 de dezembro de 2009. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 8 de abril de 2018 
  48. a b «Sada Cruzeiro conquista Copa Santa Catarina invicto». Jornal O Tempo. 6 de setembro de 2009. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 8 de abril de 2018 
  49. a b «Sada Cruzeiro vence Uberlândia e fica com o bronze do Mineiro». IG Esporte. 1 de novembro de 2009. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 22 de dezembro de 2013 
  50. «Superliga 2009/2010 – FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA MASCULINA - SADA CRUZEIRO VÔLEI». CBV. Consultado em 8 de abril de 2018. Arquivado do original em 23 de setembro de 2015 
  51. a b «NOVOS RECORDES NA SUPERLIGA 09/10-Selecionar: Classificação Geral-2009/2010 – XVI Superliga-Masculino». CBV. Consultado em 8 de abril de 2018. Arquivado do original em 25 de dezembro de 2017 
  52. a b «Superliga 2009/2010 – Ranqueamento de atletas- Recepção» (PDF). CBV. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada (PDF) em 8 de abril de 2018 
  53. «Bcc-Nep Castellana Grotte- Serie A1 Stagione 2010/2011». Lega Pallavolo Serie A (em italiano). Consultado em 8 de abril de 2018 
  54. «BCC-NEP Castellana Grotte-Piazzamenti Stagioni Precedenti» (em italiano). Lega Pallavolo Serie A. Consultado em 8 de abril de 2018. Arquivado do original em 21 de abril de 2014 
  55. a b Agência de Cultura. «Vôlei Futuro - Campeonato Paulista Masculino 2011» (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 19 de agosto de 2014 
  56. a b «Vôlei Futuro confirma favoritismo no voleibol masculino e é campeão dos Jogos Abertos do Interior». Pro Sports Brazil Consultoria Esportiva (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 19 de agosto de 2014 
  57. «Superliga 2011/2012-Classificação-Superliga Masculina». CBV (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 5 de agosto de 2017 
  58. a b «SADA CRUZEIRO É O CAMPEÃO DA SUPERLIGA 2011/12». Sada Cruzeiro Vôlei (em portugues). 21 de abril de 2012. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 8 de abril de 2018 
  59. «Superliga 2011/2012– Ranqueamento de atletas- Maiores Pontuadores» (PDF). CBV (em portugues). 21 de abril de 2012. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada (PDF) em 8 de abril de 2018 
  60. «Remat Zalău 2012-2013». Volei Romania (em romeno). 2012. Consultado em 9 de abril de 2018. Cópia arquivada em 9 de abril de 2018 
  61. Monel SABOU (27 de julho de 2012). «Brazilianul Robinson Dvoranen, ultima achiziţie a Campioanei Remat». Salajeanul.ro (em romeno). Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 9 de abril de 2018 
  62. a b Monel SABOU (2013). «ACTUALIZARE – VOLEI – FINALA MICA – Meciul 2: Remat Zalau – Stiinta Explorari Baia Mare 3-0». eMARAMURES (em romeno). Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 9 de abril de 2018 
  63. «2013 CEV Volleyball Champions-League – Men-League Round-Pool G-Match Details». CEV (em romeno). 2013. Consultado em 8 de abril de 2018 
  64. «2013 CEV Volleyball Champions Competition Final Standing». CEV (em romeno). 2013. Consultado em 8 de abril de 2018 
  65. Jafar M Sidik (6 de abril de 2013). «Pertamina Energi tetap tampil prima». Ambon Antaranews.com (em indonésio). Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 9 de abril de 2018 
  66. a b «Tim Peserta BSI Proliga 2013». Voli Mania.org (em indonésio). 23 de janeiro de 2013. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 9 de abril de 2018 
  67. a b c d «// Equipes – Masculino-MONTES CLAROS VÔLEI-Superliga 2013/2014». VôleiBrasil.org (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 19 de agosto de 2014 
  68. «TABELA CRONOLÓGICA - SUPERLIGA MASCULINA-SUPERLIGA 2013/2014». CBV (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 23 de outubro de 2014 
  69. «رقابت های ليگ دسته یک والیبال مردان باشگاههاي ایران 1392 - جام ولایت-رده بندی نهایی تیم ها (Campeonato Masculino de Voleibol, 2013-14- Taça Provincial-Classificação final da equipe)». Oldiranvolleyball.com (em persa). Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 23 de outubro de 2014 
  70. «Ex-jogador de Vôlei Futuro e Montes Claros, Bob desabafa contra descaso de dirigentes». Melhor do Vôlei (em portugues). 10 de março de 2014. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 9 de abril de 2018 
  71. «Superliga Masculina -São José dos Campos». CBV (em portugues). 2014. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 10 de setembro de 2016 
  72. «São José Vôlei fecha com mais dois jogadores e segue papo com Dante». GloboEsporte.com (em portugues). 20 de maio de 2015. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 10 de setembro de 2016 
  73. Luiz Ribeiro (11 de maio de 2015). «Montes Claros Vôlei contrata André Nascimento». O Estado de Minas (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 10 de setembro de 2016 
  74. a b FMV-Federação Mineira de Voleibol. «FEDERAÇÃO MINEIRA DE VOLEIBOL-Relatório Técnico 2015-Pág.33» (PDF). Consultado em 8 de abril de 2018 
  75. «Superliga 2015/20-Elenco MONTES CLAROS TÊNIS CLUBE». CBV (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018 
  76. Luiz Ribeiro. «SUPERLIGA MASCULINA-Montes Claros perde para o Sesi em casa e dá adeus à Superliga; Campinas elimina Bento Vôlei». O Estado de Minas (em portugues). 19 de março de 2016. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 9 de abril de 2018 
  77. «ROBINSON DVORANEN». CBV (em portugues). Consultado em 8 de abril de 2018 
  78. «Levantador vem da Polônia para o Montes Claros». ONorte.net (em portugues). 19 de maio de 2016. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 24 de junho de 2016 
  79. a b «Sada Cruzeiro vence Funvic Taubaté e conquista quinto título». CBV (em portugues). 7 de maio de 2017. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 8 de abril de 2018 
  80. CSV. «CLÁSICO ARGENTINO UPCN Y BOLIVAR ANTICIPA ENCUENTRO EN EL SUDAMERICANO DE CLUBES» (em espanhol). 1 de fevereiro de 2017. Consultado em 8 de abril de 2018 
  81. Luiz Ribeiro. «SUL-AMERICANO MASCULINO-Montes Claros será a sede do Campeonato Sul-Americano de Vôlei Masculino». O Estado de Minas. 16 de janeiro de 2017. Consultado em 8 de abril de 2018 
  82. a b «Após 4º lugar no Sul-Americano, MOC Vôlei volta suas atenções à Superliga». GloboEsporte.com. 27 de fevereiro de 2017. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 9 de abril de 2018 
  83. «REFORÇOS-Levantador Marlon e ponteiro Bob são os reforços do Minas». Minas Tênis Clube. 14 de junho de 2017. Consultado em 25 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada em 9 de abril de 2018 
  84. a b Daniel Ottoni. «Sada Cruzeiro supera o Minas na decisão e conquista mais um título». Jornal O Tempo. 7 de outubro de 2017. Consultado em 8 de abril de 2018. Cópia arquivada em 9 de abril de 2018 
  85. «Minas perde para Taubaté e se despede da Superliga Masculina». Hoje Em Dia. 31 de março de 2018. Consultado em 8 de abril de 2018