Russell Square (Metropolitano de Londres)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Russell Square
Entrada da estação
Linha Piccadilly line flag box.png Piccadilly line
Plataformas 2
Zona tarifária Travelcard Zone 1
Parte de uma série de artigos do
The Tube
Underground.svg

Visão geral

História

Infra-estrutura

Linhas

Estações

Carruagens

Cultura Popular

Mapa

Russell Square é uma estação do metrô de Londres, pertencente à Piccadilly line,[1] situada à Bernard Street, no bairro de Bloomsbury. É uma estação de pequeno porte, porém muito utilizada, por estar na área central de Londres.

A estação foi inaugurada em 1906. Está localizada próximo ao Museu Britânico, ao câmpus principal da Universidade de Londres, ao Hospital Great Ormond Street e aos jardins Russell Square.

História[editar | editar código-fonte]

A estação Russell Square foi aberta em 15 de dezembro de 1906, e pertencia à linha Great Northern, Piccadilly & Brompton Railway. A estação foi desenhada e projetada pelo arquiteto inglês Leslie Green.

Atentados de 2005 em Londres[editar | editar código-fonte]

No dia 7 de julho de 2005, em um atentado ao metrô de Londres, uma explosão ocorreu num trem viajando entre a estação de King's Cross St. Pancras e a estação Russell Square, e resultou na morte de 26 pessoas. Essa foi a última bomba de uma série de ataques nos túneis do Metropolitano de Londres. Mais tarde, outra bomba explodiria num ônibus.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Jardim Russell Square, próximo à estação de nome similar.
Ambulâncias na estação Russell Square, após os atentados de julho de 2005.

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre Metropolitano de Londres é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.