Sálvio Spínola Fagundes Filho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sálvio Spínola
Nome completo Sálvio Spínola Fagundes Filho
Nascimento 14 de setembro de 1969 (46 anos)
Urandi,  Brasil
Estatura 1,84 m
Peso 74 kg
Ocupação Economista e Advogado

Sálvio Spínola Fagundes Filho (Urandi, 14 de setembro de 1969) é um ex-árbitro de futebol brasileiro e atual comentarista de arbitragem pelos canais ESPN, filho de Sálvio Spínola Fagundes.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Árbitro[editar | editar código-fonte]

Sálvio entrou no quadro de árbitros da Federação Paulista de Futebol em 1996[1] e apitou sua primeira partida na Série A do Campeonato Paulista, o jogo São Paulo 3–0 XV de Jaú. Ainda em 1996, Sálvio passou para o quadro nacional e fez sua estreia na segunda divisão nacional, uma partida entre América Mineiro e ABC.[carece de fontes?]

Em 2000, entre os principais jogos, apitou a partida de ida da final do Torneio Rio-São Paulo entre Vasco da Gama e Palmeiras,[1] a final do Campeonato Paulista entre Santos e São Paulo (jogo de ida) e a final do módulo amarelo da Copa João Havelange entre Uberlândia e Malutrom (1–1).[2]

Apitou a decisão do Campeonato Paulista de 2003, entre São Paulo e Corinthians (2–3) no Estádio do Morumbi.[3]

Apitou o primeiro jogo da semifinal do Campeonato Paulista de 2009, entre São Paulo e Corinthians, tendo tido uma atuação considerada polêmica por não expulsar o atacante Ronaldo, que no início do jogo entrou violentamemte no zagueiro André Dias do São Paulo.[4]

Apitou o segundo jogo da final da Copa do Brasil de 2011 entre Vasco e Coritiba.[5]

Apitou a final da Copa América de 2011, entre Uruguai e Paraguai,[6] além de dois jogos da fase de grupos.[7]

Além da Copa América, em competições internacionais arbitrou em 14 partidas de Copa Libertadores da América e quatro de Copa Sul-Americana, a nível de clubes. Entre seleções trabalhou em seis jogos de Eliminatórias da Copa do Mundo e três do Campeonato Mundial Sub-17 de 2007.[7]

Aposentou-se da função em 20 de novembro de 2011.[8] [9]

Comentarista[editar | editar código-fonte]

Sálvio atualmente é comentarista de arbitragem na ESPN Brasil.[10]

Referências

  1. a b «COMENTARISTA DA ESPN COLECIONOU ARBITRAGENS POLÊMICAS NA CARREIRA; RELEMBRE». Torcedores.com.br. 20 de agosto de 2015. Consultado em 24 de abril de 2016. 
  2. «Malutrom arranca empate do Uberlândia». Terra. 16 de novembro de 2000. Consultado em 24 de abril de 2016. 
  3. «Kléber relembra expulsão na final do Campeonato Paulista de 2003; Salvio se explica». ESPN Brasil. 25 de junho de 2015. Consultado em 24 de abril de 2016. 
  4. http://acervo.folha.uol.com.br/fsp/2009/04/13/20/
  5. «Sálvio Spínola apita final da Copa do Brasil entre Coritiba e Vasco». ESPN Brasil. 6 de junho de 2011. Consultado em 24 de abril de 2016. 
  6. «Árbitro brasileiro apitará a decisão da Copa América». Folha. 21 de julho de 2011. Consultado em 24 de abril de 2016. 
  7. a b «SALVIO FAGUNDES FILHO». Transfermarkt. Consultado em 24 de abril de 2016. 
  8. «Após atingir "objetivos possíveis", Sálvio Spinola confirma aposentadoria». Terra.com. 20 de novembro de 2011. Consultado em 22 de abril de 2016. 
  9. «Árbitro Sálvio Spinola anuncia sua aposentadoria no fim da temporada». UOL Esporte. 20 de novembro de 2011. Consultado em 22 de abril de 2016. 
  10. «ESPN contrata Salvio Spínola para ser Comentarista de Arbitragem». Midia Esportiva. Consultado em 24 de abril de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]