São Joaquim do Monte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras cidades com este nome, veja São Joaquim (desambiguação).
Município do São Joaquim do Monte
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 11 de setembro
Fundação 1 de janeiro de 1896 (122 anos)
Gentílico sãojoaquinense
Prefeito(a) Joãozinho Tenório (PSDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização do São Joaquim do Monte
Localização do São Joaquim do Monte em Pernambuco
São Joaquim do Monte está localizado em: Brasil
São Joaquim do Monte
Localização do São Joaquim do Monte no Brasil
08° 25' 55" S 35° 48' 14" O08° 25' 55" S 35° 48' 14" O
Unidade federativa  Pernambuco
Mesorregião Agreste Pernambucano IBGE/2008[1]
Microrregião Brejo Pernambucano IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Camocim de São Félix, Bezerros, Cupira, Bonito, Belém de Maria, Agrestina
Distância até a capital 134 km
Características geográficas
Área 242,629 km² [2]
População 21 126 hab. estatísticas IBGE/2014[3]
Densidade 87,07 hab./km²
Altitude 463 m
Clima Tropical As'
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,537 baixo PNUD/2010[4]
PIB R$ 110 805 mil IBGE/2012[5]
PIB per capita R$ 5 382 55 IBGE/2012[5]

São Joaquim do Monte é um município brasileiro do estado de Pernambuco. O município é constituído de 3 distritos: São Joaquim do Monte, Barra do Riachão e Santana do São Joaquim.

História[editar | editar código-fonte]

O local onde hoje está a cidade de São Joaquim do Monte começou a ser povoado em 1896 com a construção da casa de Manoel Quintino. Próxima a ela, localizava-se a casa do Capitão Manoel Antônio, que era denominada "Casa Nova" de ABA DE SERRA, que se tornou o primeiro nome do lugarejo por estar ao pé da serra, hoje Serra do Monte.

Em 1896 foi erguida a capela em honra de São Sebastião. Sob influência do Coronel Joaquim José de Lima, o padroeiro da cidade foi trocado para São Joaquim. Em 1912, quando foi criado o distrito no município de Bonito, o povoado recebe este nome. No ano seguinte, iniciou-se a construção da nova capela sob a direção do Frei Epifânio e apoio do José Joaquim de Melo (o José Gameleira), que seria inaugurada dois anos depois.

O distrito foi elevado à categoria de município com a denominação de São Joaquim, pela lei estadual nº 1931, de 11 de setembro de 1928. Pelo decreto-lei estadual nº 952, de 31 de dezembro de 1943, o município de São Joaquim, passou a chamar-se Camaratuba. Pela lei estadual nº 416, de 31 de dezembro de 1948, passou a denominar-se São Joaquim do Monte.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 08°25'57" sul e a uma longitude 35°48'16" oeste, estando a uma altitude de 463 metros. Sua população estimada em 2004 era de 21 151 habitantes.

Possui uma área de 230,68 km².

Relevo[editar | editar código-fonte]

O município localiza-se no Planalto da Borborema, cujo relevo é constituído por outeiros e maciços altos, com altitudes entre 600 e 1000 metros. Predominam solos com fertilidade média e alta.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

A vegetação nativa é composta por Florestas Subcaducifólica e Caducifólica.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

O município encontra-se na área das bacias hidrográficas dos rios Una e Sirinhaém, tendo como principais tributários são os riachos Seco e do Sapo. Todos os rios têm regime intermitente. O município dispõe da Barragem Caianinha (1.361.340 m³).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Estimativa Populacional 2014». Estimativa Populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Agosto de 2014. Consultado em 29 de agosto de 2014. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 1 de outubro de 2013. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2012». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de de 2014.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Pernambuco é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.