Sabbatical

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Sabbatical (em hebraico: shabbat (שבת), em latim: sabbaticus, em grego: sabbatikos (σαββατικός)) é o resto de um trabalho, ou uma interrupção, variando frequentemente de dois meses a um ano. O conceito de sabbatical tem uma fonte em shemitá, descrita em diversas passagens da Bíblia.

História[editar | editar código-fonte]

Recentemente, "sabbatical" passou a significar qualquer ausência prolongada na carreira de uma pessoa, a fim de atingir algum objetivo. Em sentido moderno, um sabbatical ocorre tipicamente a fim de ser atingido algum objetivo, por exemplo escrever um livro ou viajar em pesquisa. Algumas universidades ou outras instituições que empregam cientistas, físicos e acadêmicos oferecem a oportunidade de qualificação via sabbatical pelos empregados, chamadas sabbatical leave.[1]

Referências

  1. Confederation of British Industry survey, 2005.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Eells, Walter C. "The Origin and Early History of Sabbatical Leave." Bulletin, American Association of University Professors, XLVIII (1962), 253–56.
  • Kimball, Bruce A. "The Origin of the Sabbath and Its Legacy to the Modern Sabbatical." Journal of Higher Education 49 (1978): 303–15.
  • Zahorski, K.J (1994). The Sabbatical Mentor: A Practical Guide to Successful Sabbaticals. [S.l.]: Anker Publishing