Saint Seiya: Soldiers' Soul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Saint Seiya: Soldiers Soul)
Saint Seiya: Soldiers' Soul
Capa oficial
Desenvolvedora(s) Dimps
Publicadora(s) Bandai Namco Entertainment
Produtor(es) Ryo Mito
Série Os Cavaleiros do Zodíaco
Plataforma(s) PlayStation 3
Playstation 4
Microsoft Windows
Lançamento PlayStation 3, PlayStation 4
  • JP 25 de setembro de 2015
  • AN 6 de outubro de 2015
  • PAL 25 de setembro de 2015
  • AU 24 de setembro de 2015 (PS4)
Microsoft Windows
27 de novembro de 2015[1]
Gênero(s) Luta
Modos de jogo Um jogador, multijogador

Saint Seiya: Soldiers' Soul (聖闘士星矢 ソルジャーズ・ソウル Seintō Seiya Sorujāzu Sōru?), lançado no Brasil como Os Cavaleiros do Zodíaco: Alma dos Soldados, é um jogo eletrônico de luta desenvolvido pela Dimps e Bandai Namco Entertainment com os personagens e história do mangá Saint Seiya de Masami Kurumada. Anunciado em 10 de abril de 2015 e lançado para as plataformas PlayStation 3, PlayStation 4 e PC via Steam, no dia 25 de setembro no Japão e em 9 de outubro de 2015 no Brasil, o jogo serve como uma versão atualizada de Saint Seiya: Brave Soldiers de 2013.[2][3]

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Semelhante ao título anterior, Soldiers' Soul é um jogo 3D de luta versus, ele mantém todos os recursos de seu antecessor e eles também foram aprimorados. As versões para PC e PS4 rodarão a 1080p 60fps com gráficos e texturas melhores, enquanto a versão PS3 rodará a 720p 30fps com gráficos ligeiramente inferiores.

Em termos de sistema de combate, o produtor do jogo, Ryo Mito, afirmou que foi melhorado adicionando mais combos aéreos, aumentando a velocidade do jogo e dando a todos os personagens um novo projétil chamado "Photon", que varia em seu efeito, dependendo do personagem. O Medidor de Cosmo recarrega muito mais rápido agora, suas barras foram removidas e os Ataques Big Bang (BBA) não são mais realizados com o Medidor de Cosmo, em vez disso, eles agora fazem parte da barra Despertar do Sétimo Sentido, uma vez cheia, o jogador pode entrar no modo Sétimo Sentido e/ou executar seus Ataques Big Bang especiais.

BBAs agora têm melhores animações e efeitos e alguns que tiveram um brilho repentino reduzido no jogo anterior foram corrigidos. Além disso, muitos personagens agora têm mais do que apenas um BBA e, em vez de ficarem presos a um traje específico de um personagem, os jogadores agora poderão escolher um antes de cada sessão de luta. Eles também são mais fáceis de pousar e podem ser conectados com combos (quando no modo Sétimo Sentido).

Outra característica um pouco melhorada é o fato de que vários trajes do mesmo personagem não serão mais tratados como personagens separados; em vez disso, eles agora serão tratados como trajes alternativos e podem ser escolhidos antes de uma luta. Existem, no entanto, algumas roupas que ainda precisam ser atribuídas a um slot separado na tela de seleção, devido a um Ataque Big Bang exclusivo.

O Sistema de Orbes foi reformulado para um novo recurso chamado "Frase de Ajuda" e, embora seus efeitos sejam basicamente os mesmos quando um jogador atende a condições específicas na batalha, como atingir pouca saúde para aumentar a força, a diferença é que um pequeno inset aparecerá no meio da luta e dizer tal frase designada. Outro recurso introduzido é o "K.O. Cósmico", quando um jogador termina uma rodada com um ataque especial, uma pequena animação aparecerá, mostrando o personagem do jogador enviando o oponente para o ar, simulando o mangá.

Uma das características mais inovadoras é que o jogo apresenta as dublagens latino-americana e brasileira, compostas pelas vozes originais da série clássica. De acordo com Ryo Mito, eles foram adicionados devido à enorme quantidade de pedidos no jogo anterior.

Uma característica chave de Soldiers' Soul é que esta será a primeira vez que um jogo de Saint Seiya incluirá o Arco de Asgard e também integrará os Cavaleiros de Bronze e Ouro usando suas Armaduras Divinas.[4][5][6][7]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Soldiers' Soul inclui dois modos de história diferentes.

O primeiro é chamado de "Lenda do Cosmo", que conta a história do arco das 12 Casas ao arco de Hades. É muito parecido com o que foi visto em Brave Soldiers, mas em vez de contar através de imagens 2D, Soldiers' Soul conta com cinemática 3D completa e também recria várias cenas da série, desde a morte de Cassius até a execução de Exclamação de Atena, incluindo momentos com NPCs, como Kiki e Freya.

O outro modo de história é chamado de "Batalha de Ouro", no qual os 12 Cavaleiros de Ouro podem ser selecionados em suas Armaduras Divinas para jogar uma história pequena, mas diferente com todos. Muitas batalhas hipotéticas acontecem, como Dohko de Libra vs. Alberich, Saga de Gêmeos vs. Kanon e Aiolos de Sagitário vs. Seiya.

Personagens jogáveis[editar | editar código-fonte]

Todos os 39 personagens e trajes, incluindo os para download, de Brave Soldiers estão presentes. Com os Guerreiros Deuses e Hilda de Polaris adicionados, o jogo apresenta um total de 48 personagens únicos com cerca de 146 skins no total; a maior lista em qualquer jogo de Saint Seiya até hoje.

Cenários[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
Eurogamer PS4: 7/10[8]
Famitsu PS4: 30/40[9]
IGN PS4: 7/10[10]
PC: 6/10[11]
PlayStation Universe PS4: 5.5/10[12]
Pontuação global
Agregador Nota média
Metacritic PS4: 59/100[13]

Soldiers' Soul recebeu críticas mistas dos críticos, com uma pontuação agregada de 59/100 no Metacritic.[13] A popular revista japonesa de videogames Famitsu deu ao jogo uma pontuação geral de 30/40.[9]

A Eurogamer Itália deu ao jogo uma pontuação de 7/10, afirmando que "Saint Seiya: Soldiers' Soul é o clássico mais do mesmo, com um monte de novos personagens e itens adicionados ao conteúdo do jogo anterior. O sistema de combate é divertido e interessante, mas a falta de qualquer tipo de equilíbrio entre os lutadores pode arruinar a experiência geral."[8]

IGN Espanha também deu um 7/10, dizendo que "Dimps não entregou mais uma vez. Eles poderiam ter feito muito mais do universo de Saint Seiya."[10]

O PlayStation Universe deu uma pontuação mais baixa de 5,5/10, descrevendo o jogo como "Uma visão simplista, mas visualmente atraente, de anime que existe há mais tempo do que a maioria das pessoas que leem isso, Saint Seiya: Soldiers' Soul é uma perspectiva decente para recém-chegados ao RPG, mas no final das contas tem muito menos apelo para veteranos de longa data que querem um pouco mais de profundidade de seus lutadores digitais."[12]

O fato de ser dublado tem chamado atenção dos antigos fãs e despertado o interesse pelo jogo, mesmo naqueles que não adquiriram a versão anterior do jogo. Nos eventos nacionais relacionados à animes, as versões demonstrativas expostas para o público pecaram no fato de terem poucos personagens e dublagem internacional.[14], mas mesmo assim, as diferenças entre o estilo de luta são notáveis e melhores.

Referências

  1. Carter, Chris (13 de novembro de 2015). «A Saint Seiya: Soldier's Soul PC port will be released this month». Destructoid (em inglês). Enthusiast Gaming. Consultado em 15 de novembro de 2015 
  2. «Saint Seiya: Soldiers' Soul announced for PS4, PS3, and PC». Gematsu (em inglês). 10 de abril de 2015. Consultado em 9 de abril de 2021 
  3. «Saint Seiya: Soldiers' Soul announced for PS4 & PS3 with trailer & gameplay video». PlayStation Universe (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2021 
  4. «Alma dos soldados Cosmic KO e treinamento com a Marin de Aguia serão mais duas novidades no novo jogo». cavzodiaco.com.br. 20 de maio de 2015. Consultado em 22 de abril de 2015 
  5. «Alma dos soldados site oficial foi atualizado jogo tera frases de assistência novas imagens». cavzodiaco.com.br. 3 de julho de 2015. Consultado em 22 de abril de 2022 
  6. «Alma dos soldados novas imagens e informações sobre o modo Battle of Gold». cavzodiaco.com.br. 4 de setembro de 2015. Consultado em 22 de abril de 2015 
  7. «Alma dos soldados assista agora mesmo o trailer em portugues veja a lista de dubladores». cavzodiaco.com.br. 28 de agosto de 2015. Consultado em 22 de abril de 2022 
  8. a b Facchetti, Filippo (20 de outubro de 2015). «Saint Seiya: Soldiers' Soul - recensione» (em italiano). Eurogamer. Consultado em 8 de outubro de 2016 
  9. a b Romano, Sal (15 de setembro de 2015). «Famitsu Review Scores: Issue 1398» (em inglês). Gematsu. Consultado em 8 de outubro de 2016 
  10. a b Ortega, José (30 de setembro de 2015). «Saint Seiya Soldier's Souls - Análisis - pegaso se queda sin fuerza» (em espanhol). IGN. Consultado em 8 de outubro de 2016 
  11. Rodríguez, José (7 de dezembro de 2015). «Saint Seiya: Soldier's Soul - Análisis - Dame tu fuerza, Steam» (em espanhol). IGN. Consultado em 8 de outubro de 2016 
  12. a b Jones, John-Paul (19 de outubro de 2015). «Saint Seiya Soldiers' Soul PS4 Review». PlayStation Universe (em inglês). Consultado em 8 de outubro de 2016 
  13. a b «Saint Seiya: Soldiers' Soul for PlayStation 4 Reviews» (em inglês). Metacritic. Consultado em 8 de outubro de 2016 
  14. «Alma dos soldados demo do jogo está disponível para os fãs testarem durante o evento Anime Friends». cavzodiaco.com.br 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]