Samurai Shodown V

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Samurai Shodown V [1]
Produtora(s) Yuki Enterprise
Editora(s) SNK Playmore
Plataforma(s) Arcade
Série Samurai Shodown
Conversões/
relançamentos
Neo Geo, Playstation 2, Xbox
Data(s) de lançamento 11 de dezembro, 2003
Gênero(s) jogo de luta com armas
Hardware
Sistema Neo Geo (cartucho de 708 Mbit)
Vídeo Raster, 304 x 224 pixels (horizontal), 4096 cores

Samurai Shodown V (ou somente SSV), conhecido como Samurai Spirits Zero (サムライスピリッツ零 Samurai Supirittsu Zero?) no Japão, é o oitavo jogo da série de jogos de luta com espadas Samurai Shodown, desenvolvida pela SNK. Ele foi um dos últimos jogos a serem lançados para Neo Geo. A versão japonesa original do jogo possui um grande espaço para o diálogo no modo de um jogador, mas todas essas cenas foram excluídas na versão do jogo para inglês. Sem surpresa, isto desagradou os fãs falantes de inglês. A versão caseira do jogo, lançada para Xbox, tem as tais cenas traduzidas para o inglês. O jogo também foi lançado para PlayStation 2, mas tal versão só tornou-se disponível no Japão e na Europa já que a SCEA não o aprovou.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Série Samurai Shodown
(Cronologia Fictícia)

Série original:
Samurai Shodown V
Samurai Shodown (2019)
Samurai Shodown
Samurai Shodown III
Samurai Shodown IV
Samurai Shodown II
Samurai Shodown 64
64: Warriors Rage
Edge of Destiny
Warriors Rage (PlayStation)

Seguindo a revitalização da SNK após seu colapso em 2001, a companhia decidiu que valeria a pena reviver a série Samurai Shodown com um novo jogo. Como parte da reorganização deles, os trabalhos de desenvolvimento do jogo foram dados para a companhia relativamente desconhecida Yuki Enterprise, que tinha basicamente só criado jogos de simulação e de tabuleiro para a série Simple 2000 de PlayStation 2 no Japão, e que não tinha experiência em desenvolver jogos de luta. O anúncio disto causou considerável tumulto entre os fãs da série.

Apesar disto, a SNK conseguiu excitar os fãs quando anunciou que Nobuhiro Watsuki, o criador e autor da série Samurai X, foi contratado para fazer o design de alguns dos novos personagens, e eles foram gradualmente revelados por meio de silhuetas no site oficial, e vagarosamente foi mostrado o artwork oficial. Mais tarde, finalmente foi revelado que o jogo seria uma prequela para o resto da série, com a época que se passa sendo dois anos antes de Samurai Shodown, o primeiro jogo da série lançado. Isto criou seus próprios problemas com a linha cronológica da série.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

A jogabilidade teve uma modificação na velocidade, um pouco mais rápido que Samurai Shodown IV, e o sistema dos botões foi modificado novamente.

O sistema "Slash" / "Bust" dos jogos anteriores não tiveram lugar no jogo, fazendo com que cada personagem só possuísse somente uma forma. Com isso, formas alternativas de alguns personagens tornaram-se personagens originais em si (como Enja e Rera).

Personagens[editar | editar código-fonte]

Recepção na mídia[editar | editar código-fonte]

SS5 foi um sucesso modesto, apesar de não ter sido algo tão exclusivo a ponto de tornar-se um clássico. Apesar de os fãs terem gostado do fato de um novo jogo da série ter sido lançado, a jogabilidade falhou em atender os anseios e expectativas deles. Reclamações comuns geralmente giraram em torno da mal feita animação dos novos personagens e a remoção do sistema "Slash" / "Bust". Aqueles que estavam familiarizados com Samurai Shodown: Warriors Rage também notou que os "novos" personagens tenderam a ser uma versão mais fraca das formas "Bust" de tais personagens do SS:WR (Enja e Suija em particular). Por fim, o jogo é comumente visto como um competente, mas não excepcional, jogo de luta.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. SNK Playmore. «Site oficial do Samurai Spirits Zero» (em Japanese). Consultado em 29 de julho de 2008. Arquivado do original em 2 de março de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]