Sancho III de Castela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde setembro de 2013). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sancho III
Rei de Castela
Sancho III of Castile.jpg
Representação de Sancho III de Castela no Privilegium Imperatoris, documento pelo qual o seu pai Afonso VII de Leão e Castela doou terras a um mosteiro[1]
Reinado 21 de Agosto de 1157
31 de Agosto de 1158
Consorte Branca de Navarra
Antecessor(a) Afonso VII de Leão e Castela
Sucessor(a) Afonso VIII de Castela
Dinastia Borgonha
Título(s) Rei de Castela e Toledo
Nascimento 1134
Morte 31 de agosto de 1158 (24 anos)
  Toledo, Espanha
Filho(s) Afonso VIII de Castela
Pai Afonso VII de Leão e Castela
Mãe Berengária de Barcelona

Sancho III de Castela o Desejado (1134Toledo, 31 de Agosto de 1158) foi rei de Castela e Toledo desde 21 de Agosto de 1157 até à sua morte, pouco mais de um ano volvido. Era o filho mais velho de Afonso VII de Leão e Castela e de Berengária de Barcelona, tendo recebido o reino de Castela por morte do pai, que dividira a sua herança também com o seu irmão mais novo Fernando (o qual receberia o reino de Leão).

Conseguiu com que Raimundo Berengário IV, conde de Barcelona e rei consorte de Aragão se reconhecesse seu vassalo e ratificasse a devolução de Zaragoza e demais praças ocupadas em terras aragonesas.

Protegeu o reino da invasão de Sancho VI de Navarra e instituiu a Ordem de Calatrava, confiando a defesa desse castelo ao abade Dom Maurício, fundador da Ordem.

Assinou com o irmão Fernando II de Leão o Tratado de Sahagún, prevendo a repartição das conquistas aos mouros para Sul, bem como uma eventual repartição do território português.

Deixou como herdeiro o único filho gerado da sua esposa Branca de Navarra, Afonso VIII. Pouco depois da sua morte, nasceu uma luta pelo poder em Castela entre as famílias Lara e Castro. Contudo, o jovem sucessor conseguiu impor-se às famílias rivais.

Referências

Precedido por
Afonso VII
Armas do reino de Castela
Rei de Castela e de Toledo

1157 - 1158
Sucedido por
Afonso VIII
Reinos cristãos da Península Ibérica
Astúrias
Reis e Rainhas
Leão
Reis e Rainhas
Castela
Reis e Rainhas
Galiza
Reis e Rainhas
Navarra
Reis e Rainhas
Aragão
Reis e Rainhas
Espanha
Reis e Rainhas
Portugal
Reis e Rainhas