Serra de Gata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a comarca, veja Serra de Gata (comarca).
A serra de Gata é uma das que compõem o Sistema Central ibérico

A Serra de Gata (em espanhol: Sierra de Gata) é uma das serras que compõem o Sistema Central. Os seus cumes marcam o limite entre as províncias de Cáceres a sul (comarca da Serra de Gata) e Salamanca a norte (comarca de El Rebollar). Limita a oeste com a Serra da Malcata, na fronteira com Portugal; a leste limita com a Serra de Francia, sendo a separação entre ambas as serras o vale formado pelo rio Hurdano.

Geografia[editar | editar código-fonte]

A Serra de Gata forma uma separação natural entre as sub-planaltos sul e norte da Península Ibérica.

Os seus cumes mais importantes são (de oeste a leste):

Portelas[editar | editar código-fonte]

Estes picos são cruzados por várias portelas, que são o a passagem natural entre ambos os planaltos:

Puerto Viejo (1 100 m), Puerto de San Martín (Pto. Santa Clara, 1 020 m), Puerto de Perales (910 m), Puerto Nuevo (950 m). O desnível mais pronunciado destas portelas está na face sul, já que a altitude média da vertente norte é mais elevada, em torno a 800 m, o que faz que o desnível para norte seja mais suave.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Os rios mais destacáveis são:

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.