Stanley Mazor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde agosto de 2017). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Stanley Mazor
Nascimento 22 de outubro de 1941 (77 anos)
Chicago
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Universidade Estadual de São Francisco
Ocupação matemático, cientista da computação, inventor, engenheiro
Prêmios National Inventors Hall of Fame, Medalha Nacional de Tecnologia e Inovação

Stanley Mazor (Chicago, 22 de outubro de 1941) é um engenheiro estadunidense.

Foi co-inventor do primeiro microprocessador, o Intel 4004, juntamente com Marcian Hoff, Masatoshi Shima e Federico Faggin.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Quando Mazor era ainda jovem sua família mudou-se para a California, onde frequentou a Oakland High School, completando o ensino médio em 1959. Em seguida entrou na Universidade Estadual de São Francisco (SFSU), com graduação em matemática, tendo como passatempo o projeto e construção de helicópteros. Conheceu sua futura mulher na SFSU. Nesta mesma época interessou-se por computadores e aprendeu a programar o computador da SFSU, um IBM 1620, sendo depois professor assistente, ensinando outros estudantes a programação daquele computador.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 1964 tornou-se programador na Fairchild Semiconductor, seguindo-se um cargo como projetista de computadores no Departamento de Pesquisas Digitais, onde co-patenteou a linguagem de programação de alto nível “Symbol”.

Em 1969 foi para a firma fundada um ano antes Intel Corporation, sendo logo em seguida indicado para trabalhar com Marcian Hoff em um projeto para ajudar a definir a arquitetura de um microprocessador baseado em um conceito desenvolvido anteriormente por Hoff. A empresa japonesa fabricante de calculadoras Busicom solicitou a Intel para completar o projeto bem como produzir um novo conjunto de chips. Creditado juntamente com Faggin, Hoff, e Masatoshi Shima da Busicom como co-inventores, Mazor auxiliou na definição da arquitetura e conjunto de instruções para o então revolucionário novo chip, o Intel 4004.

Embora tenha havido relutância inicial por parte do marketing da Intel para assumir o suporte e venda destes produtos para o destinatário final, Hoff e Mazor associaram-se a Faggin, projetista do 4004 e lider do projeto, e participaram de uma campanha ativa de seu anúncio às indústrias, auxiliando na definição da estratégia de suporte que a companhia podia assumir. A Intel finalmente anunciou o 4004 em 1971.

Após trabalhar como projetista de computadores durante seis anos, Mazor foi morar em Bruxelas, onde continuou a trabalhar para a Intel, fornecendo suporte de engenharia para usuários de produtos da companhia. Retornou à California no ano seguinte, começando a lecionar inicialmente no grupo de treinamento técnico da Intel, e depois na Universidade Stanford e na Universidade de Santa Clara.

Publicações[editar | editar código-fonte]

Em 1993, trabalhando então na Synopsys, publicou o livro "A Guide to VHDL", tendo publicado também ca. de 50 artigos.

Reconhecimento[editar | editar código-fonte]

Juntamente com os co-inventores Hoff, Faggin e Shima, recebeu diversos prêmios e condecorações, incluindo o Prêmio Kyoto 1997, sendo incluído em 1996 no National Inventors Hall of Fame. Em 2009 os quatro foram incluídos no Museu da História do Computador. Em 2009 Mazor, Hoff e Faggin receberam a Medalha Nacional de Tecnologia e Inovação.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre engenheiro(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.