Stavanger

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Stavanger
Stavangercollage2.png
Brasão oficial de Stavanger
Brasão
Apelido: "Capital do Petróleo"
País Noruega
Município Stavanger
Estabelecido 1125
Presidente Christine Sagen Helgø
Área  
  Total 71 km2 km²
  Urbana 77.98 km2 km²
  Metropolitana 2,598 km2 km²
População  
  Cidade (2011) 130,426
    Densidade   1,800/km2/km²
  Urbana 237,369
  Metro 319,822
   -Densidade metropolitana   120/km2/km²
Website: http://www.stavanger.kommune.no/

Stavanger /stəˈvæŋər/ é uma cidade e um município da Noruega. A cidade é a terceira maior zona urbana[1] e uma área metropolitana[2] na Noruega (através de conurbação com vizinhos Sandnes) e o centro administrativo do distrito de Rogaland. O município é o quarto mais populoso do pais. Localizada na Península de Stavanger, no sudoeste da Noruega, a cidade foi fundada oficialmente em 1125, ano em que a construção da Catedral de Stavanger terminou. O centro de Stavanger tem muitas casas de madeira dos séc. XVIII e XIX,[3] que estão protegidas e consideradas parte da herança cultural da cidade. Tal fez com que o centro e o interior da cidade mantenham um carácter de cidade pequena, com uma proporção invulgarmente elevada de moradias isoladas,[4] contribuindo significativamente para o crescimento da população nas zonas circundantes da Grande Stavanger.

Actualmente Stavanger é considerada o centro da industria do petróleo na Noruega, é uma das capitais da energia da Europa e é chamada muitas vezes de "capital do petróleo". O Forus Business Park, localizado na fronteira municipal de Stavanger, Sandnes e Sola, é um dos maiores parques de negócios com cerca de 2,500 empresas e aproximadamente 40,000 empregos. A maior empresa da Escandinávia, a Statoil, tem sede em Forus, e em adição, várias outras companhias ligadas ao petróleo e ao gás têm os seus escritórios noruegueses na cidade. Como resultado, a cidade é considerada muito internacional, com uma taxa de imigrantes de 20.2%. Várias empresas estatais também têm os seus escritórios em Stavanger. Stavanger também é a casa de várias instituições de ensino superior, sendo a Universidade de Stavanger (UiS) a maior delas. A cidade também tem o Hospital Universitário de Stavanger (SUS), Museu Norueguês do Petróleo, Instituto Internacional de Investigação, Teatro de Rogaland, o Instituto Culinário e o campo militar KNM Harald.

Instalações militares domésticas e internacionais estão localizadas em Stavanger, entre elas o Joint Warfare Center, pertencente à NATO. Outros estabelecimentos internacionais e agências locais, especialmente de empresas estrangeiras de petróleo e gás no exterior, contribuíram ainda mais para uma população estrangeira significativa na cidade. Os imigrantes representam cerca de 11.3% da população de Stavanger.[5] Stavanger, desde o inicio de 2000, tem uma taxa de desemprego mais baixa que a média europeia e norueguesa. Em 2011, a taxa de desemprego era inferior a 2%.[6] A cidade é frequentemente listada como uma das mais caras do mundo, e Stavanger tem sido descrita como a mais cara do mundo em certos padrões.[7] [8] [9]

Stavanger é servida pelo Aeroporto Internacional de Stavanger, Sola, oferecendo rotas para as cidades dos maiores países europeus, assim como um numero limitado de voos charter intercontinentais. O aeroporto foi nomeado o mais pontual da Europa pelo flightstats.com em 2010.[10]

Em cada dois anos, Stavanger organiza o Offshore Northern Seas (ONS), a segunda maior conferencia e exposição do sector da energia. O Festival de Comida Gladmat acontece todos os anos e é considerado um dos mais importantes da Escandinávia. A cidade também é conhecida por ser um dos principais aglomerados de culinária do país. Stavanger foi Capital Europeia da Cultura em 2008.

Origem do Nome[editar | editar código-fonte]

Norse dê forma do nome era Stafangr. Originalmente este era o nome de uma entrada (chamada agora Vågen). O primeiro elemento do nome é stafr m “equipe de funcionários, vara”. Isto podia consultar ao formulário da entrada, mas também ao formulário da montanha Valberget (Staven “a equipe de funcionários” é um nome comum de montanhas elevadas e íngremes em Noruega). O último elemento é angr m “entrada, fjord”.[11]


Relações Internacionais[editar | editar código-fonte]

Cidades-irmãs:



Referências

  1. http://www.ssb.no/emner/02/01/10/beftett/tab-2009-06-16-01.html
  2. http://www.greaterstavanger.com/eng/Greater-Stavanger/Region
  3. "Gamle Stavanger" (em Norwegian). 2013-01-05. Consult. 2013-01-05. 
  4. "Boforhold, flytting og befolkningsutvikling i storbyene" (PDF) (em Norwegian). sintef.no. 2000-01-01. Consult. 2012-06-05. 
  5. Facts on Stavanger's immigrant population "Fakta om innvandrer- befolkningen i Stavanger" (PDF). imdi.no. 2007. Consult. 2012-06-06. 
  6. "Stavangerstatistikken - arbeidsløshet" (em Norwegian). stavanger.kommune.no. 2012-06-06. Consult. 2012-06-06. 
  7. "The World’s Most Expensive Cities 2010". businessweek.com. 2011. Consult. 2012-06-06. 
  8. "Numbeo Costs of Living". numbeo.com. 2012-06-06. Consult. 2012-06-06. 
  9. Results from ECA International survey "And the world's most expensive city for expats is ... Tokyo". numbeo.com. 2011-12-07. Consult. 2012-06-06. 
  10. "2010 Airports - Best On-time Performance Awards". flightstats.com. 2011. Consult. 2012-06-06. 
  11. [1]
  12. http://www.macae.rj.gov.br/noticias/leitura?noticia=27089 -Prefeitura Municipal de Macaé
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Noruega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.