Stefan Wyszynski

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Stefan Wyszyński
Cardeal da Santa Igreja Romana
Stefan Cardeal Wyszyński, Primaz da Polônia

Título

Cardeal Arcebispo de Gniezno e Varsóvia
Primaz da Polônia
Atividade Eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Varsóvia
Nomeação 12 de novembro de 1948
Predecessor Dom Auguste Cardeal Hlond, S.D.B.
Sucessor Dom Józef Cardeal Glemp
Mandato 1948 - 1981
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 3 de agosto de 1924
por Dom Wojciech Stanislaw Owczarek
Nomeação episcopal 25 de março de 1946
Ordenação episcopal 12 de maio de 1946
por Dom Auguste Cardeal Hlond, S.D.B.
Nomeado arcebispo 12 de novembro de 1948
Cardinalato
Criação 12 de janeiro de 1953
por Papa Pio XII
Ordem Cardeal-Presbítero
Título Santa Maria além do Tibre
Brasão
Wyszynski Coat of Arms.svg
Lema Soli Deo ("Somente a Deus")
Dados pessoais
Nascimento Zuzela, Império Russo
03 de agosto de 1901
Morte Varsóvia, Polônia
28 de maio de 1981 (79 anos)
Nacionalidade polaco
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Stefan Wyszyński (Zuzela, 3 de agosto de 1901Varsóvia, 28 de maio de 1981). Foi cardeal da Igreja Católica, bispo de Lublin de 1946 a 1948, arcebispo de Varsóvia de arcebispo de Gniezno de 1948 a 1981. Criado Cardeal em 12 de janeiro de 1953 pelo Papa Pio XII, assumiu o título de Cardeal-Primaz da Polônia.

Desenvolveu um papel determinante na evolução das relações entre a Igreja Católica e um o Estado sob regime comunista durante a Guerra Fria. Em 1948 foi chamado a dirigir a diocese de Gniezno e Varsóvia, assim como ocorreu com outros prelados de países do Leste Europeu durante o período do stalinismo encontrou-se impedido de exercitar a sua missão. O regime de Bolesław Bierut que havia incarcerado, mas não processado, Władysław Gomułka confinou num convento o primaz católico.

Em Varsóvia, em 26 de maio de 2006 por ocasião de sua visita à Polônia Bento XVI na homilia da missa neste dia disse: No início do seu Pontificado, João Paulo II escreveu ao Cardeal Wyszynski: "Na Sé de Pedro não haveria este Papa polaco, que hoje repleto de temor de Deus mas também de confiança começa o novo Pontificado, se não houvesse a tua fé, que não cedeu diante da prisão e do sofrimento, a tua esperança heróica e a tua confiança incondicionada na Mãe da Igreja; se não houvesse a Jasna Góra e todo este período de história da Igreja na nossa Pátria, ligado ao teu serviço de Bispo e de Primaz" (Carta de João Paulo II aos Polacos, 23 de outubro de 1978).

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Stefan Wyszynski
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.