Sundarbans

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sundarbans 

Critérios (ix)(x)
Referência 798 en fr es
País Bangladesh
Coordenadas 21° 56′ 00″ N, 88° 51′ 00″ L
Histórico de inscrição
Inscrição 1997

Nome usado na lista do Património Mundial

O mangue arbóreo de Sundarbans, uma das maiores florestas desse tipo do mundo,[1] é formado no delta dos rios Ganges, Bramaputra e Meghna na Baía de Bengala. O local é composto por três santuários (Oeste de Sundarbans, Sul e Leste), com uma área total de 140.000 hectares. Fica situado adjacente ao Sundarbans de Bangladesh, local do Patrimônio Mundial, inscrito em 1997.

Os três santuários são cruzados por uma rede complexa de vias fluviais dependentes da maré e possuem pequenas ilhas de florestas de mangue tolerantes ao sal e apresentam um excelente exemplo de processos ecológicos, exibindo os efeitos de chuvas de monção, formação de delta, influência relativa à maré e colonização de plantas.

A área é conhecida por sua gama extensa de fauna que inclui 260 espécies de pássaros, o tigre-de-bengala e outras espécies ameaçadas, como o crocodilo-marinho e a pitão-indiana.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Centre, UNESCO World Heritage. «Sundarbans National Park». UNESCO World Heritage Centre (em inglês). Consultado em 29 de julho de 2022 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Sundarbans
Ícone de esboço Este artigo sobre Área protegida é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.