Telefones de Lisboa e Porto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Telefones de Lisboa e Porto, E. P.
Empresa Pública até 1989, depois Sociedade Anónima
Indústria Telecomunicações
Fundação 1 de Janeiro de 1968
Fundador(es) Estado Português
Encerramento 4 de Maio de 1994 (integração na PT Comunicações)
Sede Lisboa, Portugal
Accionistas Estado Português (100%)
Sucessora(s) PT Comunicações

Telefones de Lisboa e Porto (TLP), foi uma antiga empresa portuguesa de telecomunicações, pertencente ao Estado.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1968, depois de acabar a concessão da Anglo-Portuguese Telephone Company, é criada a empresa pública Telefones de Lisboa e Porto, responsável pela prestação de serviços de telecomunicações nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto, no resto do território nacional mantém-se a empresa pública CTT, encarregues da prestação de serviços de telecomunicações e de correios.

Em 1988, a empresa, em conjunto com os CTT, lança o serviço Telepac, na altura, serviço de transmissão de dados por pacote (X.25). No ano seguinte, a TLP assumiu o estatuto de Sociedade Anónima com capitais exclusivamente públicos, fazendo uma revolução empresarial no sector das telecomunicações em Portugal.

Em 1994, a Telefones de Lisboa e Porto, a Telecom Portugal (cisão dos CTT, criada em 1992), a CPRM e a Teledifusão de Portugal (TDP) fundem-se, dando origem à Portugal Telecom S.A., mais tarde renomeada PT Comunicações.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]