The Shaggy Dog

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Shaggy Dog
O Rafeiro (PT)
Soltando os Cachorros (BR)
Cartaz promocional do filme.
 Estados Unidos
2006 • cor • 98 min 
Direção Brian Robbins
Produção David Hoberman
Tim Allen
Roteiro Cormac Wibberley
Marianne Wibberley

Geoff Rodkey
Jack Amiel
Michael Begler
Elenco Tim Allen
Robert Downey, Jr.
Kristin Davis
Danny Glover
Spencer Breslin
Philip Baker Hall
Gênero Comédia
Fantasia
Idioma Inglês
Música Alan Menken
Cinematografia Gabriel Beristain
Edição Ned Bastille
Estúdio Walt Disney Pictures
Mandeville Films
Boxing Cat Films
Distribuição Buena Vista Pictures
Lançamento Estados Unidos 10 de março de 2006
Brasil 12 de maio de 2006
Portugal 1 de junho de 2006
Orçamento US$50,000,000
Receita US$87,134,280
Página no IMDb (em inglês)

The Shaggy Dog (no Brasil, Soltando os Cachorros; em Portugal, O Rafeiro) é um filme da Walt Disney Pictures[1] produzido em 2006, um remake do clássico Felpudo, o Cão Feiticeiro. A produção é da Boxing Cat Films, Mandeville Films e da Shaggy Dog Productions.

É o segundo remake do filme de 1959 de mesmo nome, que foi refeito pela primeira vez como um filme para a televisão em 1994.

Tanto o 1959 e 1994 tem em comum, também com a sequência de 1976 e da sequência de 1987 para a televisão, terem um personagem chamado Wilby Daniels transformado em um pastor inglês, ao passo que este remake apresenta um personagem chamado Dave Douglas transformado em um bearded collie.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Dave Douglas ( Tim Allen )é um advogado que brevemente visa ser promotor público, tendo apoio do promotor atual para que o substitua. Por causa disso, Dave trabalha em demasia, dando menos atenção à sua família formada por sua esposa Rebecca e por seus filhos Carly e Josh. Dave assumiu recentemente o caso de uma empresa, que acusa um professor de ter cometido um incêndio no seu laboratório para impedir testes em animais o que é negado veementemente pela empresa. Carly é contra a defesa do pai e decide apoiar um ato público na frente da empresa. Repreendida por Dave, ela deixa o local mas, juntamente com seu namorado Trey, invade a fábrica e encontra um cão fujão que foi capturado pela empresa no Tibet já que possui 300 anos e é interesse da empresa produzir um soro da juventude baseado no seu sangue. Sem saber dessa trama, Carly e Trey levam o cachorro para casa e ela o nomeia Shaggy. Quando Dave chega em casa ele é contra a ideia de ter um cachorro, que acaba o ferindo, o que faz com que o organismo de Dave sofra uma mutação, de forma que ele passe a ter características caninas e, periodicamente, se torne em um deles. Seus novos sentidos o fazem ver sua família sob outra perspectiva, mudando sua opinião sobre a vida que leva. Mas para poder mudar alguma coisa ele antes descobrir o que está havendo com ele. Quando Carly e Josh descobrem que seu pai virou em um cachorro tentam ajudar, mas Dave sai para impedir que um cão faça suas necessidades na grama e é sequestrado pelos ajudantes do cientista, seus filhos correm atras,mas não vão longe e decidem voltar par casa esperar o namorado de Carly(Trey) vir busca-los. Quando Trey chega, os dois filhos correm para contar o que aconteceu e os três vão em busca de Dave, mas pegam Shaggy. Ao chegarem no trabalho de Rebecca, ela faz um interrogatório para saber porque os três não estão na escola, eles explicam o que aconteceu, ela não acredita e logo recebe uma ligação de Dave pedindo para eles irem ao tribunal e esperar ele, que estava com o carro cheio de animais que sofreram mutações. Os quatro (Carly, Trey, Josh e Rebecca) pegam roupas para Dave e vão a espera no tribunal. Ele chega em forma de cachorro, mas Rebecca o vê e ele se transforma em homem de novo. Então todos entram no tribunal e Dave fala que o professor estava certo e faz com que dono da fabrica seja preso.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Dublagem[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • As filmagens ocorreram entre 15 de novembro de 2004 e 15 de fevereiro de 2005.

Recepção[editar | editar código-fonte]

The Shaggy Dog recebeu comentários mistos a negativos de críticos de cinema. BBC chamado Allen desinteressante e disse que "só chega a transar com a perna em suas tentativas de conquistar nossos afetos."[2] O filme foi escolhido por Richard Roeper em sua lista de piores filmes de 2006. Roger Ebert deu-lhe duas estrelas de 4. Ele detém actualmente uma classificação de 26% no Rotten Tomatoes. No entanto, o filme revelou-se um sucesso comercial, faturando mais de $61 milhões contra seu orçamento $50 milhões nas bilheterias dos EUA. O filme ganhou três indicações ao Framboesa de Ouro, incluindo Pior Ator por Tim Allen, Pior Remake ou Re-remake e Pior Desculpa para Diversão em Família, mas não conseguiu vencer qualquer uma dessas categorias.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]