Tigres da Anatólia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cidade Nº de empresas
Denizli 29
Gaziantep e Kayseri 23
Balıkesir 15
Konya 14
Kahramanmaraş 9
Ordu 7
Samsun 5
Trebisonda e Ünye 4
Kütahya e Niğde 3
Adıyaman, Afyonkarahisar,
Çankırı, Giresun,
Isparta, Karaman
e Malatya
2

Tigres da Anatólia (em turco: Anadolu Kaplanları) é um termo utilizado a nível internacional no contexto da economia turca para referir-se ao fenômeno de diferentes cidades da Turquia que têm experimentado um crescimento impressionante desde a década de 1980, além de um novo tipo de empresário que tem adquirido relevância, que se pode vincular à sua cidade de origem e que começou como pequena e média empresa.[1]

Quando se refere a determinadas cidades, o termo se utiliza principalmente para as capitais ou aos centros que dependem de Denizli, Gaziantep, Kayseri, Bursa, İzmit, Kahramanmaraş. São especialmente notáveis os casos das cidades que têm recebido pouco investimento ou subsídios estatais ao longo do tempo. Çorum, Denizli, Gaziantep e Kahramanmaraş, especialmente, se encontram nesta situação.

Fonte[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Ömer Demir, Mustafa Acar, Metin Toprak. «Anatolian Tigers: Prospects and Challenges» (em inglês). Middle Eastern Studies, Routledge. Consultado em 22 de abril de 2007 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a Turquia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.